POR

/

ENG

Equipe - Corpo Docente

Nilson Galvo Jr. Regente, coordenador musical e diretor artstico

Uma vida dedicada ao ensino e ao aprendizado da msica erudita assim resume-se a histria do maestro Nilson Galvo Jnior. O msico nasceu em um ambiente totalmente artstico: o pai era regente de coral; a me, professora de canto; e os dois irmos tambm sempre estudaram a arte musical.

Aos 4 anos, Nilson dava seus primeiros passos na msica, mas era muito jovem para estudar no Conservatrio Pernambucano (CPM). Por esse motivo, teve que esperar at os 7 para ingressar na escola. O seu sonho de menino era aprender a tocar violino; porm, enquanto aguardava para frequentar as aulas na instituio, comeou a aprender violoncelo e se apaixonou pela sonoridade do instrumento.

Com o passar dos anos, a vontade de se aperfeioar artisticamente s crescia. Aos 12 anos, Nilson passou a fazer parte de um grupo de alunos do CPM que comeou a participar de concursos nacionais de msica clssica. Nessa poca, ganhou seu primeiro concurso e, a partir da, arrebatou mais trs prmios como violoncelista.

A carreira de professor comeou aos 15 anos, em um projeto social, no bairro do Alto do Cu, no Recife. Foi com essa idade que tambm realizou a sua primeira viagem internacional, para participar de um congresso sobre o Mtodo Suzuki. A msica trouxe os melhores prazeres da minha vida, como viagens, andar de avio pela primeira vez e conhecer novas culturas, conta o maestro.

O primeiro intercmbio aconteceu quando Nilson estava com 19 anos. Na ocasio, ele cursou a graduao em Performance e Instrumento pela Universidade Campbellsville, nos Estados Unidos. O Mestrado em Instrumento foi iniciado logo ao final do curso. Nesse perodo, participava de festivais de vero norte-americanos, quando o maestro Robert Gaddis lhe disse que ele tinha o perfil de regente e devia investir na rea.

Seguindo os conselhos recebidos, Nilson reencontrou Lanfranco Marcelletti, que havia sido professor do CPM, teve aulas de regncia e foi assistente do renomado maestro. Tambm trabalhou como assistente na Orquestra Sinfnica de Louisville. Em 2007, iniciou o Mestrado em Regncia na Universidade Northwest e chegou a trabalhar com msica clssica, no projeto social Civic, realizado em Chicago.

De volta ao Brasil, trabalhou como maestro assistente na Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica. Em 2010, saiu em turn pelo Brasil, passando por 84 cidades e realizando concertos com o Quinteto Leo do Norte. Juntou-se ao corpo docente da Orquestra Criana Cidad do Coque em 2013, para assumir algumas turmas de violoncelo. Finalmente, em 2014, passou a estar frente da Orquestra, como maestro titular, e com metas calcadas no trabalho didtico musical, na ampliao de repertrio e na projeo do grupo no mercado de msica clssica brasileira.



Aldir Teodzio Coordenador pedaggico

Iniciou os estudos de msica na Escola Tcnica Estadual de Criatividade Musical (antigo centro de criatividade) onde mais tarde tornou-se professor de violo e de musicalizao.

Graduado em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), tambm especialista em Metodologias do Ensino da Msica pela Faculdade UNINTER - IBPEX, e em Docncia do Ensino Superior pela Faculdade Joaquim Nabuco. Aldir atuou como professor no Colgio Americano Batista e na rede municipal de ensino das cidades do Recife e Caruaru.

Em 2012, passou a compor o quadro de docentes da Orquestra Criana Cidad do Coque, assumindo um ano depois a Coordenao Pedaggica. "Ver os nossos alunos diariamente obtendo um desenvolvimento musical e uma viso melhor da sociedade na qual esto inseridos muito gratificante e nos realiza como profissionais", comenta o coordenador.



Mrcio Pereira da Silva Regente e coordenador pedaggico

De participante a atuante. Antes de se tornar um profissional de msica, o maestro e coordenador pedaggico da Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, Mrcio Pereira da Silva, era uma das inmeras crianas que fizeram parte do projeto social Suzuki do Alto do Cu aquele coordenado pelo maestro Cussy de Almeida antes de assumir a Orquestra.

Mrcio iniciou seu gosto pela cincia dos sons a partir da e, depois de seis anos, entrou no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), onde se especializou em violino. Para dar os primeiros passos na carreira, ele passou a dar aulas particulares, sendo depois chamado pela diretoria do CPM para estagiar, como professor, no conservatrio. L, trabalhou durante dois anos. Ele fez parte, tambm, como professor voluntrio, do projeto social Orquestrando Pernambuco.

Foi assim que seu trabalho como professor tornou-se conhecido. Convidado pela professora e maestrina-assistente Aline Ananias, que j o conhecia do projeto Suzuki, passou a atuar na Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque como professor de violino. Atualmente, est a frente do ncleo Ipojuca nas apresentaes e a rotina diria de aulas e ensaios.

Em 2016, participou do Curso de Formao na Filosofia Suzuki, realizado na Universidade Mayor, pela Escola Suzuki do Chile. O curso foi ministrado pela professora Caroline Fraser.



Ademar Rocha Supervisor pedaggico

O primeiro contato com a msica foi com a trompa ele fazia parte de uma banda de msica de sopro. Perto de completar 15 anos, Ademar comeou a estudar violino com o professor Albert Jaff, no Servio Social da Indstria (SESI) de Fortaleza. Na Universidade Federal da Paraba (UFPB), tornou-se bacharel no instrumento.

A pedido do professor e pianista Geraldo Parente, em 1988, Ademar veio ao Recife participar de um curso sobre o Mtodo Suzuki. Assim, nasceu um forte vnculo entre o violinista e a capital pernambucana. No mesmo ano, apliquei a metodologia Suzuki no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM). Foi muito esforo, eram 10 instrumentos para ensinar a cerca de 70 alunos, lembra.

Em 1989, o violinista teve a oportunidade de ir ao Japo assistir aulas do Shinichi Suzuki, idealizador do mtodo que leva seu sobrenome, no Talent Education Institute / Suzuki Method Music School. Com essa experincia, Rocha conheceu grandes profissionais do cenrio musical de todo o Brasil, passando a fazer parte deste crculo.

A correria o ritmo de vida que o professor leva. Atualmente morando no interior do estado de So Paulo, semanalmente vem ao Recife para ministrar aulas de violino na Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque. E, no ncleo do Ipojuca, supervisiona a rea pedaggica, alm de reger os ensaios das Orquestras A e B da extenso do projeto social.



Amilca Aniceto Gomes de Lima Professora de teoria musical

O foco o ensino da msica para crianas, jovens e adultos. Com essa frase, Amilca Aniceto resume seu objetivo profissional. Formada em licenciatura em msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e especialista em Metodologia do Ensino de Msica pelo Instituto Brasileiro de Ps-graduao e Extenso (IBPEX), a professora de teoria musical da Orquestra Criana Cidad do Coque possui experincia em diversas organizaes no governamentais no Recife - entre elas, a ONG Vencedores com Cristo, que trabalha a educao musical com crianas tambm do bairro do Coque. Alm disso, Amilca atuou no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), na Escola Municipal de Arte Joo Pernambuco, no Centro Escolar Carochinha e na ONG Em Cena Arte e Cidadania.



Jadson Dias Professor de teoria musical e canto coral

Jadson Dias iniciou os estudos na rea de msica, em 2004, na Igreja Evanglica Assembleia de Deus. Posteriormente, realizou o Curso Mdio em Formao Musical no Seminrio de Educao Crist, onde tambm recebeu os ensinamentos de piano erudito, em 2008. Jadson vem de uma gerao de msicos, pois seu av paterno, Severino Anto, sempre trabalhou com corais na igreja e seu pai, o maestro Drio Dias, com bandas e orquestras. Aos 14 anos, o jovem msico j ensaiava e regia corais na igreja sob a orientao do seu pai e de outros maestros.

Em 2009, ingressou na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) para cursar Licenciatura em Msica, concluindo a graduao em 2014. Na UFPE, foi monitor nas turmas de Percepo Musical, sob orientao da professora Maria Aida Barroso, em 2011; e foi bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciao Docncia (PIBID), entre os anos de 2011 e 2013, orientado pela professora Cristiane Galdino. Enquanto graduando, em 2010, estagiou na ONG Lar Fabiano de Cristo. Atualmente ensina as lies de iniciao, percepo, teoria musical e canto coral na Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, alm de ser professor do Instituto dO Passo e Regente de Coro.



Janayna Mendes Mota da Silva Professora de teoria musical

Uma das mais queridas professoras entre os alunos, Janayna est com a Orquestra Criana Cidad do Coque desde o incio do projeto, em 2006. Dessa forma, a profissional j introduziu mais de 200 alunos ao mundo terico-musical. No projeto, a professora ensina s crianas e adolescentes a Teoria Musical solfejo (a ler as notas musicais) e percepo rtmica, alm de flauta doce.

Formada em Bacharelado em Msica Sacra pelo Seminrio Teolgico Batista do Norte do Brasil (STBNB), no Recife, e com Licenciatura tambm em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Janayna s deseja evoluir para poder sempre transmitir mais conhecimento para os seus alunos. Eu sou apaixonada pelos meus alunos. No me vejo mais longe daqui. muito bom ver a transformao para melhor. Temos meninos que, hoje, so outras pessoas, afirma a professora. Sobre o mtodo Suzuki, ela diz: Usamos ele de forma adaptada para a nossa realidade. S assim, funciona bem.



Ldia Moraes Oliveira Professora de teoria musical e flauta doce

A professora de musicalizao da Orquestra Criana Cidad do Coque sonhava em desenvolver seu trabalho em um projeto social, agora concretizado. Trabalhar aqui na Orquestra Criana Cidad foi um presente de Deus. assim que Ldia define o que tem feito no projeto. Seu gosto pela msica surgiu ainda quando criana, quando decidiu usar essa arte como um meio de vida.

Primeiro, se formou no curso de Bacharelado em Msica Sacra, no Seminrio Teolgico Batista do Norte do Brasil. Nesse perodo, j ensinava msica para alguns alunos em particular. Em 2001, formou-se no curso de Licenciatura em Msica na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Antes de entrar na Orquestra, deu aulas em escolas de msica e coros de igrejas.

At 2011, contribua para outro projeto da ABCC, o Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad; atualmente, atua no ncleo da Orquestra do Coque. Sou bastante realizada profissionalmente por partilhar com crianas e adolescentes carentes todo o meu conhecimento, conclui.



Manasss Bispo da Silva Professor de teoria musical

Manasss Bispo iniciou os estudos musicais num curso oferecido pela Igreja Assembleia de Deus, aos 13 anos. Aos 15, ingressou no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), onde estudou violo popular, saxofone e violoncelo. Foi aluno de Eli-Eri Moura, no Laboratrio de Composio Musical da Universidade Federal da Paraba (Compomus/ UFPB). arranjador e produtor cultural e participa ativamente de vrios eventos e congressos na rea de educao e no campo da msica, inclusive com trabalhos publicados.

Em 2009, foi laureado no curso de Licenciatura em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde autor de vrios projetos institucionais e de extenso universitria, tendo ministrado cursos de harmonia, esttica e apreciao musical. Em 2011, concluiu sua especializao em Metodologia do Ensino da Msica pelo Instituto Brasileiro de Ps-Graduao e Extenso (IBPEX). Em 2014, tornou-se mestre em Cincia da Computao, pela UFPE, na rea de tecnologias educacionais. Na sua pesquisa, o interesse sempre esteve relacionado ao ensino da msica incluindo redes sociais educacionais.

Atualmente, assistente administrativo no Departamento de Msica, onde integra o Grupo de Pesquisa em Msica Assistida por Computador, alm de membro do Grupo de Pesquisa em Cincias Cognitivas e Tecnologias Educacionais, do Centro de Informtica da UFPE, atuando, ainda, como Professor Pesquisador II no Departamento de Cincias Geogrficas da instituio, no qual leciona a disciplina Introduo ao Ambiente Virtual, do curso de Licenciatura distncia em Geografia. Na Orquestra do Coque, ensina teoria musical desde 2014.



Nataly Ferreira Professora de teoria musical

Nataly iniciou seus estudos musicais no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), estudando o canto erudito. L, encantou-se com a aprendizagem da teoria musical e, a partir disso, decidiu a fazer seu curso superior em Msica. Em 2013, graduou-se em Licenciatura em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). No ambiente acadmico, foi a diversos congressos e encontros de msica, buscando cada vez mais a qualificao na rea. Em 2010, cursando a disciplina de Canto Coral, teve a oportunidade de integrar o Coro Universitrio da UFPE durante um ano, sob a regncia do professor Flvio Medeiros. Na disciplina de Libras 1, do curso de Msica, fez um dos melhores trabalhos em grupo, tendo como premiao a publicao do Relato de Experincia na Revista Brasileira de Traduo Visual. Entre 2011 e 2013, foi bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciao Docncia (PIBID), sob a orientao da professora Cristiane Galdino.

Outras experincias acadmicas de Nataly incluem a publicao de um pster no I Encontro Estudantil de Palhaoterapia, com o tema Msica para o corpo e alma, em 2010; a oportunidade de ter apoiado o X Encontro Regional ABEM Nordeste/I Encontro Regional Nordeste dos Professores de Artes/Msica dos IFs/I Frum Pernambucano de Educao Musical, em 2011; no mesmo ano, participou do XX Congresso Anual da ABEM, promovido pelo Departamento de Msica da Faculdade de Msica do Esprito Santo (FAMES) e Universidade Federal do Esprito Santo (UFES). Em 2012, envolveu-se no curso O Passo, ministrado por Lucas Ciavatta, realizado pelo Centro de Artes e Comunicao CAC da UFPE. Ainda naquele ano, apresentou o trabalho Programa Institucional de Bolsas de Iniciao Docncia e Formao de Professores de Msica: desafios e avanos a partir da perspectiva de licenciandos em Msica, no XI Encontro Regional Nordeste da ABEM, realizado em Fortaleza CE.

No mbito profissional, Nataly tambm adquiriu experincias em diversos locais, como ainda quando estagiria de msica, em 2011, na Escola Municipal Maria Sampaio de Lucena; como bolsista da Capes Pibid, foi professora de msica da Escola Estadual Senador Novaes Filho, de 2011 a 2013; na mesma funo, esteve no Instituto Santa Rita de Cssia (2013 a 2014), Escola Aventuras do Pinquio (2013 a 2015) e Centro Educacional Candeias (2014 a 2015). Atualmente, ensina msica na Escola Encontro, desde 2014, e musicalizao na Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, desde outubro de 2015. Alm disso, teve uma passagem pelo Pao do Frevo, como orientadora das vivncias de msica e, hoje em dia, tambm concilia seu tempo na igreja onde congrega como a segunda regente do Coro Tabernculo e tambm lder e criadora do Grupo de Flauta Doce Som.



Valdiene Pereira Professora de canto coral

Crescida entre familiares que sempre reservaram parte do dia para ouvir msica, e tendo participado do coro de sua escola - o Colgio da Polcia Militar de Pernambuco - desde os 12 anos, a professora de educao musical e canto coral da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque, Valdiene Carneiro Pereira, optou pelo canto erudito e sacro como futuro profissional.

A professora, que tambm toca flauta doce, comeou os estudos musicais no Seminrio Teolgico Batista do Norte do Brasil, aos 18 anos, tornando-se bacharel em msica sacra. Dedicando sua vida msica, Valdiene Pereira tambm se formou em canto erudito no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM) e fez licenciatura em msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Um dos momentos mais marcantes do incio de sua carreira musical para Valdiene foi se apresentar com a Orquestra Sinfnica do Recife. Ela lembra a emoo de se apresentar na Cantata de Natal BWV 248, de Bach, quando tinha 19 anos e cantava ao lado daquele grupo orquestral pela primeira vez.

Atualmente, paralelo ao trabalho na Orquestra, a musicista coordena a rea de educao musical e os cursos de Msica do Seminrio Teolgico, e regente do coro de adolescentes da Igreja Evanglica Batista de Casa Amarela. A professora tambm fez a preparao vocal e regncia do coral do CD Criana Canta Para Criana, do grupo Cantinho da Boca, em parceria com o departamento de msica da UFPE. Alm da msica, trabalha como tcnica administrativa em educao, na UFPE. A docente especialista em Formao de Recursos Humanos para Educao, pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE), Mestre e Doutoranda em Educao pela UFPE com pesquisas voltadas formao de professores de msica, saberes docentes, polticas pblicas para Educao Musical e canto coral. Seu livro "Ensino de Msica: o que pensam professores de msica sobre sua prpria formao", resultante de sua Monografia de Especializao, foi lanado em 2014 na Coleo Novos Talentos da Editora da UFPE. integrante do Grupo de Pesquisas Formao e Atuao Profissional de Professores de Msica vinculado ao Departamento de Msica da UFPE. professora da Orquestra Criana Cidad do Meninos do Coque desde 2006.



Clvis Pereira Filho Professor de violino

Clvis Pereira Filho nasceu em 1966, na cidade do Recife. Filho do compositor Clvis Pereira, iniciou seus estudos aos oito anos, no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), com o professor Emlio Sobel. Venceu o concurso de msica de Piracicaba em 1983 e transferiu-se para o Rio de Janeiro, seguindo o objetivo de estudar violino com o professor Paulo Bossio.

Em 1984, obteve o 1 lugar no concurso pblico para ingressar como membro efetivo da Orquestra Sinfnica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro (OSTMRJ), tornando-se o mais jovem violinista a integrar o corpo artstico da Orquestra. O ano de 1986 foi dedicado aos estudos. Clvis embarcou para a Alemanha, a fim de tomar aulas com o Prof. Helfried Pfister, assistente do Prof. Igor Ozim, em Colnia. Em 1988, ingressou, por concurso, na classe da Prof. Edith Peinemann e, logo em seguida, na classe da Prof. Ida Bieler, integrante do quarteto "Melos", hoje quarteto "Heine", na Escola Superior de Msica de Frankfurt/ Main e Dsseldorf.

O violinista participou de vrias masterclasses, com destaque para as aulas realizadas com os professores Max Rostal, Yair Klass, on Voicu e Ayla Erduran, alm da participao no Festival de Schleswig Holstein. Clvis foi fundador do Villa-Lobos Kvartet, grupo musical que atuou em diversos pases, como Alemanha, Dinamarca, Israel, Itlia e Portugal. Em 1995, terminou seus estudos e obteve o diploma da Escola Superior de Msica Robert Schumann, em Dsseldorf. No mesmo ano, venceu o concurso para 2 Konzertmeister - Mestre de Concerto - da Orquestra da Rdio da Dinamarca, sob a regncia do maestro Adam Fischer.

Desde ento, teve a possibilidade de trabalhar com os mais renomados maestros do mundo; entre eles, Maazel, Blomstedt, Pandula, Okku Kamo, Segestram, J. Tate e Kurt Masur. Clvis Pereira Filho retornou ao Brasil em 2002, onde foi aprovado mais uma vez no concurso para a OSTMRJ. L, ele trabalhou at 2003, quando saiu para assumir o cargo de 1 solista na Orquestra Sinfnica Brasileira. professor de violino da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque desde setembro de 2014.



Diogo Vasconcelos de Albuquerque Professor de violino

Natural de Recife e bacharel em Msica pela Universidade Federal da Paraba, iniciou seus estudos de violino em 1986 no Conservatrio Pernambuco de Msica (CPM), com o professor Hugo Tagliavini. Diogo foi um dos primeiros alunos a utilizar o mtodo Suzuki, quando ele foi introduzido, aqui, em Pernambuco. No mesmo ano, fez o primeiro recital.

Em 1989, foi solista da Orquestra de Cmara da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Alm dessa, participou de outras orquestras como a Collegium Musicum (Recife-PE), a do II Festival Internacional de Artes de ITU-SP (sob a regncia do maestro Eleazar de Carvalho), a Camerata Armorial (onde teve aulas com o maestro Rafael Garcia), a Filarmnica Norte/Nordeste, a Orquestra de Cmara da UFPB, as Orquestras Sinfnicas Jovem e Profissional da Paraba, a do Grupo Orange (sob a regncia do maestro Cussy de Almeida) e a Orquestra de Cmara da Cidade de Joo Pessoa, nesta ltima como Spalla. Atualmente, d aulas de violino no ncleo da Orquestra do Coque.

Diogo teve aulas com msicos renomados como: Takeshi Kobayashi (aluno de Shinichi Suzuki, idealizador do mtodo Suzuki), Horcio Schaeffer, Eric Lehninger, Eric Friedman, Paulo Bossio, Daniel Guedes, Soh-Hyun Park entre outros.



Eduardo Silva Professor assistente de violino

Aluno da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque, o estudante de violino, ingressou no projeto aos 09 anos de idade, em 2006. Iniciou suas aulas no instrumento com o professor Diogo Vasconcelos. Com os colegas do ncleo do Coque, participou de apresentaes de nvel nacional e internacional. Por exemplo, as exibies para os ex-presidentes Luiz Incio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Participou de festivais, a exemplo do Festival de Inverno de Gravat, anualmente, de 2013 a 2015.

Atualmente leciona como professor assistente de violino, no ncleo da Orquestra em Camela, no municpio do Ipojuca. Em 2015, foi Europa pela primeira vez para a gravao dos novos CD e DVD da Orquestra, em Roma: Concertos de Bach para violino e orquestra, com a participao da solista japonesa Yoko Kubo.



Manoela Dias Professora de violino

Iniciou seus estudos musicais aos oito anos de idade no Centro de Educao Musical de Olinda. Em 2001, comeou a estudar violino no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), com o professor Handel Arajo. Mais tarde, foi selecionada para a classe do professor Ademar Rocha. Na instituio, participou de grupos representativos como a Orquestra Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica e do Trio Sonata, formado por professores especializados em msica renascentista e barroca, assim participando de turns e apresentaes pelo estado de Pernambuco.

Em 2007, ingressou na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no curso de licenciatura em msica, onde participou da Orquestra de Cmara do departamento. Nesse perodo, foi integrante do grupo musical Flor de Muamb, quarteto de cordas que executava msica instrumental regional, chegando a se apresentar, em 2010, no evento Brazilian Day, em Estocolmo - Sucia. Graduou-se em 2012 e, no ano seguinte, gravou juntamente ao Flor de Muamb o lbum homnimo.

Ainda em 2013, foi selecionada atravs de concurso pblico para o cargo de professora temporria do Conservatrio Pernambucano de Msica, onde atua at hoje. Em 2014, assumiu a coordenao do projeto Orquestrando Pernambuco e, atualmente, leciona no projeto Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, como professora de violino. Em 2016, participou do Curso de Formao na Filosofia Suzuki, realizado na Universidade Mayor, pela Escola Suzuki do Chile. O curso foi ministrado pela professora Caroline Fraser.



Rafaela Fonseca dos Santos Professora de violino

A jovem professora iniciou os estudos de msica bem cedo, com professores particulares. Aos 12 anos, entrou para o Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), inspirada no irmo mais velho, que estava aprendendo a tocar violino. Aos 19, comeou o curso de Bacharelado em Msica com Habilitao em Violino, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Alm de professora de violino na Orquestra Criana Cidad do Coque, tambm monitora no Curso de Extenso da UFPE. J tocou na Orquestra do CPM, e atualmente toca na Orquestra Experimental de Cmara, na Camarata de Olinda e na Orquestra Jovem de Pernambuco. Futuramente, pensa em se especializar com um Mestrado.

Rafaela foi aluna do Mtodo Suzuki e garante que a metodologia do ensino vlida para toda vida, e no s para estudar msica. V o trabalho na Orquestra Cidad como uma oportunidade de mudar a realidade das crianas do Coque. Eu adoro esses meninos. um trabalho muito bonito, no s pelo lado musical, mas tambm pelo social, afirma.



Shirley Vieira Professora de violino

Shirley Vieira iniciou seus estudos em 2003. Em 2007, ingressou no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM) e, em 2012, concluiu o curso tcnico com habilitao em violino sob a orientao do professor Ademar Rocha. Em 2015, graduou-se no curso de licenciatura em Msica na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante o curso, em 2011, participou do Projeto de Bolsa de Iniciao Acadmica (BIA), no qual ministrou aulas de violino na ONG Fraternidade Esprita Francisco Peixoto Lins. E, em 2012, colaborou com o Programa Institucional de Bolsa de Iniciao Docncia (PIBID), ministrando aulas de iniciao musical numa escola de ensino regular, ambos projetos sob a orientao da professora Cristiane Galdino.

Foi integrante da Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica entre os anos de 2007 e 2010, com a qual se apresentou na companhia de artistas como Dominguinhos e Antnio Carlos Nbrega. Tambm integrou o naipe de violinos da Orquestra Sinfnica da Universidade Federal de Pernambuco, de 2013 a 2014. Participou de Festivais como o MIMO (2008, 2010, 2011 e 2012), o Festival de Msica Antiga (2010), o Festival da Msica de Santa Catarina FEMUSC (2011) e o 24 Festival de Msica Colonial Brasileira (2014).

Ainda no que se refere a sua formao, teve masterclasses com violinistas como Daniel Guedes, Marcelo Guerchfeld, Alexandre Casado, Camilo Simes, Betina Stegmann, Nelson Rios, Benjamim Sung, James Alexander, Richard Young e Netanel Draiblate. Em 2016, participou do Curso de Formao na Filosofia Suzuki, realizado na Universidade Mayor, pela Escola Suzuki do Chile. O curso foi ministrado pela professora Caroline Fraser.

Atualmente integra a classe de violino, na UFPE, como portadora de diploma, e participa de projeto de pesquisa na pedagogia do ensino de violino, ambos sob a orientao da professora Paula Bujes. Alm dessas atividades, integra o corpo docente do projeto Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca.



Susan Hagar Apolinrio Professora de violino

Susan Hagar Apolinrio, professora de violino da Orquestra Criana Cidad do Coque, comeou sua relao com o instrumento aos sete anos, por influncia do pai. Mesmo sem ser msico, ele fez questo que a filha aprendesse a arte. Susan escolheu o violino e nunca mudou de instrumento.

A violinista iniciou os estudos no Conservatrio Pernambucano de Msica e estendeu a preparao musical at a poca de prestar vestibular. Obteve xito e foi aprovada na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). No entanto, no chegou a cursar, pois resolveu romper os limites nacionais e estudar no exterior. Susan, ento, graduou-se na University of North Texas, nos Estados Unidos.

Com o trmino do curso, foi selecionada para fazer mestrado em Performance, na Universidade Baylor, uma instituio universitria particular, localizada em Waco, no estado do Texas. Como ela havia aprendido a tocar violino a partir do mtodo Suzuki, essa tcnica despertou-lhe o interesse pela pesquisa. Foi assim que Susan se lanou ao segundo mestrado; dessa vez, na rea de Pedagogia Suzuki, pela University of Hartford, em West Hartford. A violinista ainda trabalhou com crianas nos EUA, utilizando-se do mtodo. Aps 11 anos no exterior, Susan voltou ao Brasil em 2014, quando recebeu o convite da Orquestra Criana Cidad para assumir as turmas iniciantes de violino do programa.



Aline Ananias de Lima Professora de viola

professora de violino e viola da Orquestra Criana Cidad e do Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), e de Estimulao Musical para Bebs no Seminrio Teolgico Batista do Norte do Brasil (STBNB). Iniciou seus estudos de violino no CPM, na classe do professor Hugo Eduardo Tagliavini. Concluiu o Bacharelado em Msica, com nfase em Violino, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na classe da professora Consuelo Froehner, formando-se com lurea. Em 1996 passa a estudar viola no curso de extenso da UFPB, na classe do professor Samuel Espinosa. Aprofundou-se no estudo do Mtodo Suzuki, fazendo capacitaes com professores como Takeshi Kobayashi, Edward Kreitman, Nancy Lokken, Eduardo Luduena e Shinobu Saito. Fez capacitao em Estimulao Musical para bebs em Lima, Peru. Obteve o ttulo de Master of Arts in Music pela Campbellsville University e membro da Suzuki Association of the Americas.

Participou de vrios cursos, como o XIV Curso Internacional de Vero de Braslia, o 27 Festival de Inverno de Campos do Jordo, e os XI e XII Festivais Internacionais de Msica Colonial Brasileira e Msica Antiga, em Juiz de Fora (MG). Integrou vrias orquestras, a exemplo da Orquestra Filarmnica do Norte-Nordeste, Orquestra de Msica Barroca e Orquestra Sinfnica Jovem da Paraba. Participou da turn brasileira da Amherst College Orchestra, sob a direo do maestro Lanfranco Marcelletti. Em 2012, foi convidada para participar do Festival y Academia del Nuevo Mundo (Venezuela), como observadora internacional. Em 2015 fez um internship na Western Springs School of Talent Education and the Naperville Suzuki School. Possui especializao em Neurocincia pela Faculdade Campos Elseos, So Paulo. ps-graduanda em Neuroeducao e Educao Musical.



Karoline Pontes Professora de viola

Karoline Pontes iniciou os estudos em msica no ano de 1994, com violino, no Projeto Suzuki do Alto do Cu. Em seguida, no ano de 1998, passou a ter aulas de viola com as professoras Marlinate Buarque e Nilzeth Galvo. Nos anos seguintes, passou para o Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM) e integrou a classe do professor Ademar Rocha, aps a qual concluiu o curso tcnico em viola.

Em 2010, concluiu o Bacharelado em viola pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com o professor Svio Santoro. Atualmente, est cursando a licenciatura em Msica, na mesma instituio. Em 2016, participou do Curso de Formao na Filosofia Suzuki, realizado na Universidade Mayor, pela Escola Suzuki do Chile. O curso foi ministrado pela professora Caroline Fraser.

Participou do Festival Eleazar de Carvalho, em Fortaleza; Festival Virtuosi, na Serra e na Fbrica de Msica. Integrou por vrios anos a equipe de msicos da Orquestra Jovem de Pernambuco, com a qual viajou em vrias turns. De 2013 a 2014, foi estagiria da Orquestra Sinfnica do Recife. Atuou como chefe de naipe na Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica, alm de ter integrado alguns grupos de cmaras. Gravou DVDs com a Banda Limo com Mel e os cantores Adilson Ramos e Cauby Peixoto. Integrou o corpo de msicos nas peras Dulcinia e Trancoso, Don Giovanni e Elixir do Amor.

Atualmente coordenadora e professora de viola do Projeto Orquestrando Pernambuco, vinculado ao Conservatrio Pernambucano de Msica, e professora de viola da Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca.



Letcia Santos Professora assistente de viola

Aluna da Orquestra Criana Cidada Meninos do Coque, estudante de viola, ingressou na orquestra aos 09 anos de idade, em 2006. Iniciou suas aulas com os professores Otvio Guerra, Nilzeth Galvo e Svio Santoro. Com a OCC Coque, participou de apresentaes a nveis nacionais e internacionais como na Bahia, para chefes de estados; Braslia, para os ex-presidentes Luiz Incio Lula da Silva e Dilma Rousseff; em Portugal, para o primeiro-ministro portugus, Pedro Passos Coelho; e em Roma, para o Papa Francisco, na baslica de So Pedro.

Atualmente, leciona como professora assistente da Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, cargo ocupado aps a participao na capacitao pedaggica feita pelo coordenador de cordas, o professor Jos Ademar Rocha. Em 2014, esteve na Europa para o concerto destinado ao Papa Francisco, em audincia particular, no Vaticano. Em 2015, voltou Roma e esteve na gravao dos novos CD e DVD da Orquestra: Concertos de Bach para violino e orquestra, com a participao da solista japonesa Yoko Kubo.



Anglica Freitas Professora de violoncelo

Desde os sete anos de idade, a professora Anglica de Freitas Silva j se interessava pela msica. Ela aprendeu a tocar violoncelo no projeto Alto do Cu, do Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), em que o maestro Cussy de Almeida aplicou a metodologia Suzuki.

Como sempre se dedicou arte, a professora Anglica logo fez parte da formao da Orquestra Suzuki, onde tambm gravou um CD com o grupo. Em 2002, participou do Festival Eleazar de Carvalho, em Fortaleza. Alm da msica clssica, a jovem gosta de ouvir canes da tradio nordestina, como o forr p-de-serra.

Formada como violoncelista pelo CPM, a instrumentista atualmente faz parte da Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio, cursa bacharelado em instrumento na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e ensina no projeto Orquestra Criana Cidad, no ncleo do Coque.



Digenes Santos Professor assistente de violoncelo

Aluno da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque, o estudante de violoncelo ingressou na Orquestra aos 13 anos de idade, em 2007. Iniciou suas aulas com a professora Anglica Freitas e atualmente aluno do professor e maestro Nilson Galvo Jr.. Participou de atividades de monitoria auxiliando os professores no ensino dos instrumentos musicais e tambm realizou pequenos grupos de iniciao musical. Atuando tambm em vrias apresentaes como eventos da Caixa Cultural, o violoncelista realizou turns pelo Brasil, atravs do Banco Nacional do Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES).

Esteve presente em apresentaes internacionais, como em Roma, no ano de 2014, para o papa Francisco na Baslica de So Pedro e, em Portugal, para o primeiro-ministro portugus, Pedro Passos Coelho. Atualmente, atua como monitor na Orquestra Criana Cidad Meninos de Ipojuca. Para ocupar o cargo, recebeu capacitao pedaggica feita pelo coordenador de cordas professor Ademar Rocha. Em 2015, esteve na gravao dos novos CD e DVD da Orquestra, em Roma: Concertos de Bach para violino e orquestra, com a participao da solista japonesa Yoko Kubo.



Pierre Gonalves Professor de violoncelo

Pierre Gonalves tornou-se bacharel em violoncelo no ano de 2011, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Na sua formao, teve a oportunidade de participar de masterclasses com os professores Fabio Presgrave, Leonardo Altino, Antonio Meneses, Sbastien Breguet, David Gardner e muitos outros.

Pierre passou pelas Orquestras Sinfnicas de Goinia (2013), da Paraba (2012), do Recife (2007), Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica (2006 a 2011). Alm dessas, foi solista e integrante da Orquestra de Cmara da Universidade Federal de Pernambuco (2007 a 2011), da Orquestra Jovem de Pernambuco (2006 a 2009), da Orquestra MIMO (2007 a 2011) e da Camerata Nordestina (2012 a 2015). Entre os Festivais, esteve no Virtuosi e Festival Vituosi na Serra (2006 a 2011), no Festival Internacional de Msica de Cmara da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2009) e no II e VI Festival Internacional de Msica em Campina Grande (2011 e 2015). Em 2015, no mesmo festival, foi solista da classe do professor Kayami Satomi, alm de participar do curso "Tcnica Alexander", com a professora Laurelie Gheesling. Desde 2014, integra a Orquestra de Cmara de Pernambuco.

Alguns dos seus outros trabalhos incluem a participao na trilha sonora do filme Brasil S/A (2014) e nas gravaes dos CDs da banda Monbonj, do cantor China; alm das gravaes dos DVDs de Antlio Madureira e do Quinteto Violado. Como professor, em 2007, esteve no corpo docente da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque; em 2012, no I Festival de Cordas e Madeiras de Vilhena; no mesmo ano, nos projetos PRIMA e Orquestrando Pernambuco, onde neste ltimo se encontra at o presente momento; assim como no Conservatrio Pernambucano de Msica, tambm desde 2012 e no projeto Orquestra Criana Cidad Meninos de Ipojuca, desde a inaugurao da sede, em 2014.



Claudensio Mendes Professor de contrabaixo

Natural do Recife, Claudensio iniciou seus estudos musicais no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM), em 1998, e em contrabaixo acstico, no ano de 1999, com o professor Jos de Barros Chagas. Foi aluno dos professores Catalin Rotaru, Sergio Rangel, Robert Black, Valeria Thierry e Rossy em masterclasses do instrumento de origem. Em 2016, participou do Curso de Formao na Filosofia Suzuki, realizado na Universidade Mayor, pela Escola Suzuki do Chile. O curso foi ministrado pela professora Caroline Fraser.

Sob a batuta do maestro Jos Renato Accioly, participou com a Orquestra Sinfnica Jovem do CPM dos Circuitos Sinfnicos (2005 a 2012), dos Festivais de Inverno de Garanhuns (2007 a 2012) e de gravaes para os especiais de So Joo da Rede Globo Nordeste, no espetculo Uma Cano que Virou Concerto (homenagem a Geraldo Vandr), com o Quinteto Violado. Participou ainda do especial e DVD Teatro Experimental, com Antlio Madureira; da homenagem a Dominguinhos, no FIG de 2008; do Pernambuco Sinfnico em homenagem a Clvis Pereira e da pera Pepita Jimnez, de Isaac Albniz. De 2005 a 2009, foi instrumentista da Orquestra Natal Triunfo, espetculo promovido pelo SESC Pernambuco. Na cidade de Fortaleza, no Cear, participou do III e V Festival Eleazar de Carvalho.

Atravs da CORE (Companhia de pera do Recife) participou da montagem das peras O Elixir do Amor, de G. Donizette e de O Morcego, de R. Strauss. Com a Orquestra Jovem de Pernambuco, sob o comando do maestro Rafael Garcia, participou dos I, II, III e IV Festival de Inverno de Gravat-PE e do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), de 2004 a 2012. Sob a regncia do maestro Cussy de Almeida, participou do Grupo Orange gravando o CD Razes Brasileiras, excursionando por todo o estado de Pernambuco. Em 2009, viajou com a Orquestra Experimental a convite do Itamaraty ao Timor Leste para participar do Ms Cultural do Brasil no Timor. Atualmente, compe o quadro de musicistas do espetculo Baile do Menino Deus, como contrabaixista desde 2010, e exerce a funo de professor de contrabaixo no projeto Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca.



Joo Pimenta Carneiro Campelo Professor de contrabaixo

Por influncia do pai, que gostava de ouvir msica clssica e o incentivava a escut-la, Joo Pimenta Carneiro Campelo, professor de contrabaixo da Orquestra Criana Cidad do Coque, ingressou no mundo da cincia dos sons. Era um bom motivo para que passssemos um tempo juntos, conta. Ele comeou a estudar aos 16 anos. O passo seguinte foi prestar o vestibular para msica, formando-se, mais tarde, em Licenciatura em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

No trmino da faculdade, fez um curso de extenso em contrabaixo na Universidade Federal da Paraba (UFPB), tendo aulas com o conceituado professor Luciano Carneiro. Trabalhou na Orquestra Sinfnica de Pernambuco e atuou no grupo instrumental Sagrama. Joo Pimenta j fez algumas gravaes e tem experincia em apresentaes e eventos, como casamentos.

Pimenta afirma adorar fazer parte do grupo de professores do projeto. Ele acha bastante gratificante ensinar aos Meninos do Coque tudo o que sabe, dando o mximo de si para ajud-los a crescerem como msicos. um trabalho que traz muita satisfao no meu interior, diz o professor.



Enoque Souza Professor de percusso

Enoque Souza iniciou seus estudos aos 15 anos com o baterista e professor Adelson Silva. Em 2003, fez curso de extenso em percusso erudita com professor Antnio Barreto. Teve aulas com Chuck Silverman, Chris Adams e Pete Magadini. Foi Integrante da Big Band, do Centro Profissionalizante de Criatividade Musical do Recife (CPCMR); da Orquestra Salsa Brasil; e da Orquestra Brasileira de Forr. Lecionou em cursos de capacitao para bandas de msicas no CPCMR. Entre 1996 e 2002, foi o percussionista titular e chefe do naipe de percusso da Banda sinfnica da cidade de Recife. Tocou com grandes nomes da msica instrumental, como Nelson Ayres, Sivuca, Mike Loverman e Pablo Aryeta, entre outros. Tem gravado e tocado com vrios artistas da msica Pernambucana e da msica gospel. Concluiu a licenciatura em msica na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 2014 e, atualmente, toca na Contrabanda (quarteto de Jazz), percussionista da Orquestra Sinfnica da Cidade do Recife e professor de percusso da Orquestra Criana Cidad do Coque.



Cludia Pinto Professora de clarinete

Cludia Lcia Pinto Gama da Silva bacharel em clarinete (2011) e licenciada em msica (2006) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Teve o primeiro contato com a msica na Escola Estadual Cnego Jonas Taurino e estudou no Centro de Criatividade Musical do Recife (CPCMR), atual Escola Tcnica Estadual de Criatividade Musical (ETECM). Em 2010, concluiu o curso tcnico em clarineta no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM).

Fez especializao em Ensino de Histria das Artes e das Religies (2008), pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e tem acumulado experincias musicais em vrios festivais de msica como: XII Festival de Msica Eleazar de Carvalho (2010), FEMUSC (2011), Festival Internacional de Msica em Campina Grande (2012), VIII e X Encontro Brasileiro de Clarinetistas (2009 e 2011), I Jornada de Clarinetistas de Pernambuco (2011), Mostra de Msica Erudita UFPE, Recitais no SESC Casa Amarela, Recitais no Salo Nobre do Teatro de Santa Isabel. Atuou como clarinetista na Orquestra Sinfnica Jovem de Pernambuco, no Conservatrio Pernambucano de Msica, e participou de masterclasses com clarinetistas brasileiros renomados como Cristiano Alves, Ovanir Buosi, Lus Afonso Montanha, Jos Freitas, Jos Botelho, dentre outros.

Alm de ser professora de clarinete do projeto Orquestra Criana Cidad, exerce a mesma funo no Conservatrio Pernambucano de Msica.



Eneyda Rodrigues Professora de flauta transversa

Bacharel em Flauta Transversa na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) sob a orientao do professor Nilton Moreira, comeou seus estudos no Centro Profissionalizante de Criatividade Musical do Recife (CPCMR), em 2000. Em 2008, concluiu o curso de flauta no Conservatrio Pernambucano de Msica (CPM). Nesse mesmo ano, concluiu a Licenciatura em Msica pela UFPE com lurea e deu continuidade aos estudos da Flauta com a professora Conceio Benck.

Eneyda acumula experincia em vrios festivais de msica. Entre eles: Festival Eleazar de Carvalho (2005) e 10 Festival Internacional de Flautistas, realizado pela Associao Brasileira de Flautistas e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Ela foi flautista e flautinista na Orquestra Sinfnica Jovem de Pernambuco e na Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio Pernambucano; participou, como musicista convidada, da Orquestra Sinfnica do Recife e da Banda Sinfnica do Recife, em 2009; e da Mostra UFPE de Msica Erudita do Recife, com a Orquestra de Cmara da UFPE (Sonoro Ofcio). Desde 2011, participa como musicista convidada do Festival Virtuosi.

Alm de ser professora de flauta transversa do projeto Orquestra Criana Cidad do Coque, Eneyda leciona na Escola Tcnica Estadual de Criatividade Musical, antigo CPCMR.



Josias Felipe Bezerra Professor de fagote

Josias Felipe Bezerra iniciou os estudos musicais na Escola Tcnica Estadual de Criatividade Musical, onde concluiu o curso tcnico em msica com habilitao em saxofone e instrumento auxiliar piano. licenciado em Msica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em 2006, comeou a estudar fagote com o professor Manoel Nascimento , no Conservatrio Superior de Paris. Participou de vrias masterclasses com professores renomados, como Elione Medeiros (UNIRIO), Fabio Cury (USP) e Aloysio Fagerlande (UFRJ).

Participou, como fagotista, de vrias orquestras: Festival Virtuosi Brasil, 17 Festival de Inverno de Garanhuns, Orquestra Sinfnica Jovem do Conservatrio Pernambucano de Msica, Orquestra Jovem de Pernambuco, Orquestra Sinfnica de Sergipe, Orquestra Sinfnica de Natal e Orquestra Sinfnica do Recife, entre outras. Josias estudou canto lrico com o professor Lindenberg Pires, na Universidade Catlica de Pernambuco (Unicap). Como tenor, participou da Orquestra Sinfnica do Recife e do Coral Contracantos da UFPE.

Atualmente, alm de atuar na Orquestra Criana Cidad do Coque, professor de fagote, editorao musical e harmonia tradicional na Escola Tcnica Estadual de Criatividade Musical e professor de fagote do Conservatrio Pernambucano de Msica. tambm fagotista do Quinteto de Sopro Arrecife, do CPM.



Kelly Souza Leo Professora de reforo pedaggico

Graduada em Pedagogia e ps-graduada em Psicopedagogia, pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), a professora Kelly atualmente, ps-graduanda em Neuropsicologia, pela Faculdade Pernambucana de Sade (FPS). No seu histrico profissional, de 2004 a 2006, exerceu a funo de instrutora do Programa Agente Jovem pela Prefeitura de Jaboato dos Guararapes.

Tambm integrou o corpo de funcionrios do Programa de Erradicao do Trabalho Infantil (PETI), como Supervisora de rea, de 2007 a 2013. Kelly passou ainda por diversos estgios em educao infantil, ensino fundamental, Ensino de Jovens e Adultos (EJA), magistrio, educao especial, clnica geritrica, ONGs e outros. Desde a implantao do ncleo da Orquestra no Ipojuca, em 2014, acompanha os meninos e meninas com as atividades pedaggicas e de reforo escolar.

Entre os cursos suplementares e palestras que participou, destacam-se: Lngua Brasileira de Sinais (LIBRAS), nvel bsico I e II; o 1 Frum em Educao; o Ciclo de Palestras de Psicopedagogia, todos pela Universo; o Seminrio 20 Anos do Estatuto da Criana e do Adolescente, pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); a Oficina de Mediao de Leitura e Contao de histria, ministrada pelo Instituto Per; a 5 Conferncia Municipal de Defesa dos Direitos da Criana e do Adolescentes, pela Prefeitura do Jaboato; e o 1 Encontro de Psicopedagogia em Pernambuco, organizado em 2013 pela Associao Brasileira de Psicopedagogia (ABPp/PE).



Eduardo Flor Professor de informtica

Enquanto estudava violo clssico no Conservatrio de Msica da Vrzea, Eduardo sentiu necessidade de gravar as suas produes, e o meio mais acessvel para o registro foram os programas de computador. Assim, teve contato com a tecnologia e buscou a Unibratec, por onde formado no curso tcnico em Redes de Computadores. Agora, ministra as aulas de informtica da Orquestra Criana Cidad do Coque e se especializou em Linux para desktops na Escola Linux.

Ensinar a crianas e adolescentes foi puro acaso. Eduardo, entretanto, se surpreende com a docncia. O desenvolvimento dos pequenos notvel. Ao mesmo tempo, aprende com eles: alguns alunos tm ensinado o professor a conduzir o violino. Na verdade, Eduardo nunca abandonou a msica. Ele continua tocando o violo que tem em casa.



Naftali Sabino Professor de informtica

Naftali teve seu primeiro contato com o mundo tecnolgico aos 12 anos de idade, quando cursava o ensino fundamental e passou a ter aulas de informtica concedidas pela escola onde estudava. Sua paixo pelas tecnologias rendeu a primeira experincia de ensino, tornando-se monitor do laboratrio de informtica. No ano de 2006, iniciou e concluiu o curso tcnico em Turismo, Hotelaria e Alimentao pela Escola Tcnica do Agreste. Ainda no que se refere tecnologia, teve formao tambm em montagem e manuteno de computadores. Ao finalizar este curso, em 2007, deu inicio ao curso bsico em ingls.

A primeira experincia profissional de Naftali foi como ajudante geral de escritrio, em 2011. No mesmo ano, deu mais um passo rumo ao aperfeioamento e iniciou o curso superior em Anlise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade Brasileira de Tecnologia (UNIBRATEC), que j foi concludo. No ano seguinte, mudou de emprego passando a ser auxiliar administrativo na empresa Total Mquinas onde, com o decorrer dos anos conquistou foi promovido a assistente administrativo e, posteriormente, a lder de vendas.

Em paralelo universidade, Naftali concluiu duas imerses em ingls com professores americanos, concedidas pela Etnia Idiomas, instituio de ensino de Minas Gerais. As experincias o tornaram apto a iniciar sua carreira profissional na rea do ensino como professor de Ingls na EVC Idiomas, em Sirinham. Atualmente, junto ao corpo docente da Orquestra Criana Cidad Meninos do Ipojuca, o professor de Informtica desenvolve suas atividades e, a cada dia, percebe a conquista de resultados surpreendentes entre os seus alunos, rumo a um nvel de conhecimento elevado no ambiente tecnolgico.



Robson Gomes Professor de trompa

Bacharel em msica pela UFPB (Universidade Federal da Paraba) e natural de Joo Pessoa-PB, Robson Gomes da Silva iniciou seus estudos como trompista aos 15 anos com o professor Cisneiro Andrade, no curso de extenso daquela universidade. Participou de vrias orquestras como a Sinfnica Jovem da Paraba, a Orquestra de Cmara da Cidade de Joo Pessoa e a Orquestra Sinfnica de Sergipe, onde foi primeiro trompista por cinco anos. Atuou como msico convidado na OSPB e na Camerata Paraibana. Integrou o Quinteto ParaiBrass e o Quinteto de Sopro Serigy. Participou ainda de festivais como Eleazar de Carvalho (com o professor Ozeas Arantes), I FIB (prof. Stanislav Schulz), UniRio (prof. Will Sanders), IV Semana da Msica de Ouro Branco (prof. Luiz Garcia) e VII Encontro Nordestino de Metais. Em 2014 participou de uma audio pela Univesity of Memphis com o Dr. Dan Phillips. Lecionou trompa no municpio de Itabaiana-SE (Filarmnica Nossa Senhora da Conceio) em 2006 e na Sedec (Secretaria de Educao do Municpio de Joo Pessoa) entre 2011 e 2014. Atualmente, Professor Msico da Orquestra Sinfnica Municipal de Joo Pessoa, do Prima (Projeto de Incluso Social Atravs da Msica e das Artes), e da Orquestra Criana Cidad. Atua tambm, em paralelo, como luthier em metais.



Eduardo Francisco Professor assistente de violino

Aluno da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque, o estudante de violino ingressou no projeto aos 09 anos de idade, em 2006. Iniciou suas aulas no instrumento com o professor Diogo Vasconcelos. Com os colegas do ncleo do Coque, participou de apresentaes de nvel nacional e internacional. A nvel internacional, foram eventos que ficaram marcados como a viagem para tocar para o 1 ministro de Portugal e para o Papa Francisco em Roma e ainda um concerto na Organizao Das Naes Unidas (ONU), em Nova York, no final de 2016. Alm da grande honra nas exibies para os ex-presidentes Luiz Incio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Participou tambm de festivais, a exemplo do Festival de Inverno de Gravat, anualmente, de 2013 a 2015.

Atualmente, leciona como professor assistente de violino, no ncleo da Orquestra em Camela, no municpio do Ipojuca. Em 2015, foi Europa pela primeira vez para a gravao dos novos CD e DVD da Orquestra, em Roma: Concertos de Bach para violino e orquestra, com a participao da solista japonesa Yoko Kubo.



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.