POR

/

ENG

Revistas

Unio entre escola e comunidade

Programa fortalece a imagem das instituies pblicas de ensino, reforando a cultura com atividades destinadas ao pblico local.

Todo sbado pela manh, Apolnio de Freitas, 14 anos, acorda, toma um caf da manh reforado e vai, feliz da vida, escola pblica Clotilde de Oliveira, na comunidade de Nova Descoberta. O garoto, que j foi vice-campeo de karat na Copa Pernambuco, categoria infantil, no perde as aulas do esporte, oferecidas na oficina do projeto Escola Aberta, em seu bairro. Apolnio uma dos muitos jovens alm de crianas e adultos beneficiados pelo programa do Governo que vem mudando a concepo de escola em muitas comunidades do Brasil.

O projeto foi idealizado pela Unesco em 2000 e comeou a ser executado no Rio Grande do Sul em 2003, atravs do Governo Federal. No ano seguinte, foi institudo como Poltica Pblica do Estado de Pernambuco, atravs da parceria entre o Ministrio da Educao e as Secretarias de Educao, Sade, Juventude e Emprego e Defesa Social. Pernambuco, portanto, foi um dos pioneiros de implantao do programa, que tem como principal objetivo promover uma cultura de paz entre escola e comunidade e desenvolver atividades que estimulem o aprendizado dos alunos.

Assim como Apolnio, crianas e jovens de at 25 anos de idade, tanto da escola Clotilde de Oliveira quanto da comunidade de Nova Descoberta, frequentam as oficinas do programa Escola Aberta todo fim de semana. A instituio se transforma em espao de lazer e conhecimento, onde todos podem se divertir nas aulas de dana, msica e esportes e se profissionalizar nos cursos de jardinagem e artesanato. Esse projeto deu, nossa comunidade, um local de interao. Em vez de ir para as ruas, os meninos esto praticando esporte. J os mais velhos esto se capacitando para o mercado de trabalho, diz o coordenador do projeto da escola, Ivson Pereira.

A cena se repete por todo o Estado, da capital ao serto. Segundo a Secretaria de Educao de Pernambuco, o programa foi implantado em 443 redes de ensino pblico, sendo 200 estaduais e 243 municipais, distribudas em 68 cidades pernambucanas. So dezenas de atividades e cursos profissionalizantes para todos os gostos. Em Pernambuco, o Escola Aberta chega a atender 72 mil crianas e jovens por ms somente nos sbados e domingos. Atravs da ressignificao da escola como espao alternativo para essas atividades, ns estamos contribuindo para uma melhoria da qualidade da educao, explica a coordenadora do programa em Pernambuco, Simone Lira.

POR UMA CULTURA DE PAZ

Um dos maiores objetivos do Escola Aberta combater a violncia, evitando o contato dos jovens com as drogas e a criminalidade. A maioria das crianas e jovens que frequentam o projeto foram, graas a ele, resgatadas da marginalizao. Em Jaboato dos Guararapes, na Escola Rodolfo Aureliano, a gestora Maria de Lourdes Lemos identifica a mudana de comportamento dos alunos e moradores aps a aplicao do projeto. A gente j conseguiu reduzir muito a pichao e a depredao da escola. Trabalhamos a questo do gosto por ela. Se deixar, eles ficam de manh, de tarde, de noite, no sbado..., reconhece a gestora.

O Escola Aberta tambm contribuiu para a misso de manter a rede de ensino Clotilde de Oliveira em comunho com a comunidade. Os professores sempre mantm uma relao de conversa com os alunos, orientando o que certo e errado. Os alunos mudaram muito o comportamento. Eles chegavam com o intuito de pichar, mas comeamos a conversar e mostrar que o ambiente de estudo, diz a professora auxiliar do programa Itaciane Pereira.

Ivson Pereira alega que um fator favorvel reduo dos atos de agresso no local foi a transformao de alunos interessados em oficineiros. Alm de terem oportunidade de experincia profissional, eles servem de exemplo para que outros jovens se interessem pelas atividades ministradas. muito importante esse momento, em que os alunos se tornam professores. Eles possuem uma mesma realidade de vida que os outros e passam a conhecer o problema deles, construindo um lao de amizade, enfatiza Pereira.

COLHENDO OS FRUTOS

O oficineiro de msica Alexsandro Jos Mariano foi aluno da escola Clotilde de Oliveira. Hoje, ele comanda a oficina da Banda Marcial da instituio. A escola no possui sala adequada para a banda, mas o professor sempre arranja um espao para meninos e meninas ensaiarem as apresentaes dos feriados e de Carnaval. Essa oficina tima, enriquece o aluno culturalmente. Ela um incio, j que aqui no temos grande estrutura para formar msicos. Mas sempre os estimulo a procurarem cursos e conservatrios, diz Mariano.

Alm disso, as apresentaes da Banda Marcial da escola tambm aumentam a autoestima dos alunos. Os espetculos fazem com que eles se sintam reconhecidos pela sociedade. uma diverso, para mim, fazer parte do grupo. A gente j tocou em Carpina, Dois Unidos, Aldeia e outros lugares. gratificante fazer o pblico se divertir, conta o percussionista Wenndel Costa.

Os resultados tambm so muito positivos na formao do carter dos jovens. A me da karateca ricka de Oliveira, Sandra Regina de Oliveira, j percebe a importncia do esporte no s para o corpo da menina, mas tambm para a mente. Minha filha est mais concentrada e calma agora. Ela tem onde liberar as energias, garante. O professor de karat Marcos Pereira, que inclusive j estudou na escola, atribui atividade um papel importante de entretenimento na comunidade. Aqui, os alunos esto desenvolvendo o esprito esportivo. Eles se descontraem, alm de aprenderem a se defender, diz.

E assim o Escola Aberta segue cultivando cidados, livrando adolescente da marginalizao e ajudando toda a comunidade. Todos os que frequentam as oficinas do programa passam a ter melhores vises do futuro profissional. As aulas de futebol e de karat so as mais procuradas. Uns pensam em se tornar famosos zagueiros e goleiros da seleo brasileira; outros almejam conquistar os tatames do mundo. Eu quero crescer no karat, ser um atleta profissional e ensinar tambm, conta, feliz, o jovem Apolnio.

PRXIMOS CONCERTOS

24/11/2017

Projeto Som Cidado - Grupo Sonoru's e percusso da Orquestra Criana Cidad

27/11/2017

Projeto Som Cidado - Orquestra Jovem do Ipojuca

01/12/2017

I Concurso de Jovens Solistas - Concerto dos Vencedores

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.