POR

/

ENG

Revistas

Menino-destaque

Morador da comunidade do Coque, no Recife, e um dos seis filhos do casal Francisco Zumba Monteiro e Flvia Ferreira, o jovem msico Fagner Zumba, 20 anos, foi a revelao da Orquestra Criana Cidad no vestibular UFPE 2012. O destaque no veio apenas da aprovao no vestibular mais concorrido de Pernambuco os caminhos que levaram Fagner at a conquista chamam ainda mais ateno.

O estudante no viu o nome na primeira lista de classificados, mas o fato no o impediu de ter esperana. Selecionado no remanejamento, Fagner no consegue descrever o sentimento de felicidade por saber que iria realizar o sonho de ser universitrio. A preparao do aluno contou com aulas no Colgio Panorama, atravs de uma parceria com a Orquestra. J os estudos musicais, testados na prova prtica, tiveram tutoria dos professores Joo Pimenta e Janayna Mendes, alm do maestro Lanfranco Marcelletti.

Fagner entrou na Orquestra aos 15 anos, em 2006, logo no incio do projeto. Ele estudava na escola pblica Leonardo de Barros Barreto e j se destacava entre os alunos. Por esse motivo, o diretor do colgio o indicou para fazer a seleo da Orquestra, quando foi testado em canto e ritmo musical para entrar no projeto, necessrio passar pela avaliao, que verifica a predisposio para aprender msica. Nas primeiras semanas, o jovem iniciou o aprendizado em violino, mas, por ser o mais alto da turma, foi encaminhado, pelo maestro Cussy de Almeida, regente na orquestra na poca, para o contrabaixo.

Fagner foi o primeiro aluno do instrumento na Orquestra Cidad. No comeo, eu no gostava muito do contrabaixo, s mais ou menos, mas, um ano depois, eu comecei a me interessar, conta. O professor Joo Pimenta deu os primeiros passos musicais com o garoto. Ele tinha muita facilidade para aprender, pegava as msicas muito rpido. A nica dificuldade era controlar o arco. No segurar firme fazia com que ele desafinasse algumas vezes. Mas, como ele era muito estudioso, compensava as dificuldades, afirma Pimenta.

O adolescente e a famlia no passavam por grandes problemas financeiros. O pai, inicialmente auxiliar de pedreiro, comeou, pouco aps, a trabalhar como vigilante. Os maiores monstros que perseguiam os meninos que moravam no Coque eram mesmo a violncia e as drogas. O contrabaixista teve uma vida difcil, exposto marginalidade que envolveu um dos irmos mais velhos, que, inconformado com a realidade em que vivia, comeou a roubar. Este, ainda menor de idade, foi preso pela primeira vez, cumpriu medida socioeducativa e foi liberado.

Tempo depois, o irmo de Fagner esteve preso novamente por porte de arma e, ao sair, foi assassinado. A companheira, grvida de gmeos na poca, tambm foi baleada e perdeu os bebs. Sobreviveu. Minha famlia ficou muito abalada. Nesse momento, eu tive vontade de desistir de tudo e me vingar. Mas, pelos meus pais, eu prometi, no velrio do meu irmo, que seria algum na vida e que no iria seguir o mesmo caminho que ele seguiu, explica. Os momentos de lembrana dolorosa e saudade vm quando Fagner executa o 2 movimento de Serge Koussevitzky. Essa era a msica que o irmo mais gostava de ouvi-lo tocar.

Apesar de todas as dificuldades, Fagner no desistiu. Ele conta como a me no o deixava sair para lugares distantes. Do mesmo modo, no podia voltar tarde para casa tudo isso por medo que o filho entrasse no mundo do crime. s vezes, eu ficava chateado, meus amigos ficavam me zoando, mas hoje eu agradeo muito por ela ter feito isso. Eu poderia estar usando drogas ou roubando se minha me tivesse me deixado na rua.

A relao entre professor e aluno essencial para o aprendizado. Na Orquestra, no foi diferente. Fagner diz que todo o apoio que precisa pode encontrar no professor Joo Pimenta. Ele como um pai para os alunos de contrabaixo. Quando estamos certos, ele nos defende; quando erramos, nos d lies de moral. Ele nossa inspirao.

O jovem msico reconhece que se no estivesse na Orquestra Cidad, nada do que ele conquistou teria sido possvel. O pensamento sobre cidadania e tica mudou. Respeitar as pessoas foi um coisa que eu passei a dar valor depois que entrei na Orquestra. Antes, eu no ligava muito para isso. Fagner, agora, pensa no futuro. Quer estudar bastante, formar um quinteto para se apresentar em eventos e, quem sabe, tocar nas grandes Orquestras, como a Filarmnica de Berlim ou Granada. Ele tambm deseja propiciar uma vida melhor para a famlia. Quero ser o melhor msico. No vou baixar a cabea diante das dificuldades ou das pessoas que no acreditam no meu esforo.

CURSO DE PERCUSSO ERUDITA EM BRASLIA

Aperfeioar as tcnicas e aprender novas teorias so aes importantes para a carreira musical. Com esse pensamento, a Orquestra Criana Cidad, atravs do maestro Lanfranco Marcelletti, apoiou a participao dos alunos Joo Carlos Oliveira, Digenes Saraiva e Jos Emerson nas aulas de Percusso Erudita do 34 Curso Internacional de Vero do Centro de Educao Profissional da Escola de Msica de Braslia. O curso ocorreu dos dias 4 a 21 de janeiro.

A capacitao reuniu estudantes de vrios estados brasileiros, alm de movimentar o cenrio cultural da capital do Pas. Os garotos da Orquestra tiveram aulas com o renomado professor Miquel Bernardes e se depararam com novas tcnicas musicais. Ns aprendemos formas diferentes de usar a baqueta e vimos algumas peas musicais de percusso erudita, explica Digenes.

Sobre a participao no curso, o aluno diz que foi uma oportunidade nica. A estrutura foi muito boa. Em 2011, o curso era pago. Este ano, as inscries foram gratuitas, e no podamos ficar de fora, diz. Segundo o percussionista, tudo que foi visto no curso pode ser adaptado para as peas executadas junto Orquestra Criana Cidad.

PRXIMOS CONCERTOS

19/08/2017

Concerto comemorativo de 11 anos da Orquestra Criana Cidad

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.