POR

/

ENG

Revistas

Artigo - O Memorial da Cidadania

Por demais sinuosa a trajetria da cidadania. Ela est em permanente construo. Essa histria se confunde
com os caminhos dos Direitos Humanos, havendo um estreito relacionamento entre cidadania e a luta pelos direitos essenciais, como a liberdade, a dignidade e a igualdade.

Os primeiros conceitos de cidadania surgiram na Grcia, onde s uma classe exercia a plenitude do direito. Somente a partir das reformas do legislador grego Clstenes (509 a.C.), ela foi estendida aos demais homens atenienses, tendo abolido os privilgios
decorrentes de nascimento, religio ou poltica. Aos cidados de Atenas, eram reservados os direitos polticos. Em Roma, igualmente, a cidadania tambm
era atribuda a um grupo restrito, os patrcios, que gozavam de todos os privilgios cveis e religiosos.

A distncia entre patrcios e plebeus foi reduzida no ano de 450 a.C., com a Lei das Dose Tbuas. Em 212 d.C., o imperador romano Caracala concedeu a
cidadania a quase todos os habitantes do imprio. Seguindo esse exemplo, a doutrina Crist pregou a liberdade e igualdade de todos os homens, alm
da unidade familiar. Isso provocou transformaes radicais no conceito de cidadania.

No perodo medieval, houve um retrocesso trazido pelo feudalismo, modo de produo da poca. Esse fenmeno aconteceu a partir da ndole hierarquizada das estruturas em classes sociais. A cidadania s voltou a ser sonhada com a Declarao dos Direitos Humanos e com a Revoluo Francesa.

Escreveu-se, na Declarao Universal dos Direitos (1948), que toda pessoa tem direito vida, liberdade e segurana pessoal. Na realidade, h uma luta cotidiana para que esses direitos sejam efetivados.

Todos ns podemos contribuir para a construo da cidadania. H um pronunciamento da Madre Tereza de Calcut que nos deve servir de espelho. Sei que meu trabalho uma gota no oceano. Mas, sem ele, o oceano seria menor.

certo que, isoladamente, nada podemos fazer de significativo. Porm, unindo foras, a transformao acontecer. Em nossa entidade, o trabalho realizado em equipe e atravs de parcerias. A generosidade dividida tem iluminado a nossa caminhada, colocando as pessoas certas para contribuir com a cidadania de centenas de crianas que encontram, na Orquestra Criana Cidad e no Espao Dom Helder Camara, uma porta de sada para os caminhos da vida.

A abnegao dos coordenadores Joo Jos Rocha Targino e Nair Andrade tem atrado importantes colaboradores. Entre esses parceiros, esto a Presidncia da Repblica, o Exrcito Nacional, universidades, igrejas, imprensa, o terceiro setor, empresrios e organizaes no governamentais.
gratificante ver tantas crianas sorridentes caminhando para a cidadania, atravs da msica, dos desportos e de cursos profissionalizantes.

Deus proteja a todos.

PRXIMOS CONCERTOS

27/04/2017

Concerto didtico com o Quarteto Groovy

02/05/2017

Ncleo Popular da OCC

03/06/2017

2 Concerto Oficial da Temporada 2017

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.