POR

/

ENG

Revistas

Saldo positivo de 2012 inspira novidades

Dois mil e doze chega ao fim e, com a proximidade do trmino de mais um ciclo, nos cabe a tarefa de recapitular o que foi feito e planejar os passos seguintes. A Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC) completou, em 2012, 11 anos. J a Orquestra Criana Cidad (OCC), principal programa da Associao, j entrou em seu stimo ano de atividades em prol da incluso social e profissionalizao de crianas e adolescentes atravs da msica clssica. O Espao Criana Cidad, outro programa da ABCC, trabalha a favor da incluso social de crianas, jovens e adultos h tambm 11 anos.

No Espao Criana Cidad, foi inaugurado o galpo de eventos para reunies e atividades recreativas da comunidade (participantes ou no dos projetos do Espao) do Caiara, no bairro do Cordeiro. Alm disso, houve uma reforma geral e a compra de novos equipamentos para a cozinha didtica (onde so ministrados cursos profissionalizantes em parceria com o Servio Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), marcenaria, laboratrio de informtica, laboratrio de modelagem e costura, salas de reforo, sala de msica e biblioteca comunitria, que aberta para toda a comunidade. Agora, com a infraestrutura adequada, o Espao pode atender pessoas de todas as idades e cidades do Estado.

E as novidades no param por a. Para 2013, h a previso de inaugurao de um campo e uma escolinha de futebol, um ncleo de mediao (orientao jurdica e formao de lderes comunitrios) e a introduo um curso de escultura na grade do Espao.
A Olimpada Criana Cidad, realizada de 30 de maio a 15 de junho em parceria com Tribunal de Justia de Pernambuco e com a Secretaria de Educao, tambm foi um projeto da ABCC. Durante 17 dias, crianas e adolescentes de 18 escolas pblicas do Recife participaram da competio em diferentes modalidades e experimentaram momentos de cidadania e incluso. Esse projeto ser realizado todos os anos, inclusive em outros municpios, servindo de ponte entre os estudantes da rede pblica de ensino do Estado e os benefcios trazidos pelo esporte.

A Orquestra Criana Cidad, por sua vez, inaugurou, em setembro, a primeira Escola de Formao de Luthier e Archetier de Pernambuco e renovou, em outubro, a parceria com a Caixa Econmica Federal, que financiar parte dos custos de manuteno do programa por mais dois anos. Daqui para a frente, a Orquestra oferece a profissionalizao em um ofcio j quase extinto em todo o mundo o de luthier e de archetier, responsveis por fabricar, manter e consertar instrumentos de corda e arcos.

Os Ncleos de Sopro e de Psicologia, cujas instalaes foram finalizadas ainda em 2012, comeam a funcionar, a pleno vapor, j no incio de 2013. O Ncleo de Sopro atender mais 30 meninos e meninas do Coque, aumentando para 166, em mdia, o nmero de estudantes do programa atualmente, so 130 na Orquestra e seis na escola de lutheria. O Ncleo de Psicologia atender a funcionrios, alunos e familiares dos envolvidos com a Orquestra Criana Cidad, atuando, principalmente, no acompanhamento psicolgico das crianas e dos adolescentes, focando nos problemas comuns em cada idade e nos traumas sociais com que se deparam, para que tenham condies de se desenvolver com estabilidade emocional e possam se tornar cidados e profissionais completos.

Tambm est planejado o incio das obras da Sala de Concertos Presidente Lula, a ser construda no terreno doado pela Unio ao programa, localizado em frente ao Quartel do Cabanga. A obra j est inscrita na prefeitura da cidade e s faltam os ltimos acertos para que se inicie. Finalizada, a Sala de Concertos ter lugar para 800 pessoas e acstica apropriada para receber todos os tipos de instrumento. No terreno, sero construdas tambm a Escola de Msica Maestro Cussy de Almeida e a sede definitiva da Orquestra, que funcionam nas instalaes do Quartel provisoriamente.

Quanto agenda de apresentaes, j est acertada com a Caixa a realizao de um concerto por ms, sempre no espao da Caixa Cultural, no bairro do Recife Antigo.

Parando para pensar, foram muitas realizaes para o perodo de um ano. Sinal de que no estamos medindo esforos para transformar vidas. E no podemos nivelar por baixo mesmo. H muita gente precisando de ajuda, e queremos fazer o nosso melhor. nosso melhor. Por isso, tambm no economizamos nos sonhos e nos planos. Tenho certeza de que trabalharemos com afinco para tornar todos realidade, comenta Nildo Nery dos Santos, presidente da Associao Beneficente Criana Cidad.

O NCLEO DE PSICOLOGIA DA ORQUESTRA CIDAD
Dentre as importantes expanses na sede da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque (OCC) ocorridas em 2012, est o Ncleo de Psicologia. Sua construo foi finalizada no ms de dezembro, mas as atividades iniciam, a todo vapor, em fevereiro, aps o recesso do programa. No novo espao, ser realizado o acompanhamento psicolgico dos alunos e funcionrios da Orquestra. Os familiares dos jovens msicos tambm sero integrados ao atendimento por meio de atividades que visam formao psicolgica estvel dos futuros msicos para que tenham condies de se tornarem profissionais competitivos no mercado de trabalho.

Na coordenao, estar Blenda Marcelletti, que j realiza um acompanhamento dos meninos e meninas do Coque. Alm dela, haver uma psicloga e alguns estagirios diariamente atendendo os alunos e as famlias. O Ncleo de Psicologia , para o nosso programa (da Orquestra), de fundamental importncia porque lidamos com meninos e meninas que vm de famlias completamente desestruturadas. Sendo assim, imprescindvel que haja um acompanhamento do desenvolvimento psicolgico para que eles se tornem cidados equilibrados e fortes. Esse o nosso objetivo, afirma Joo Targino, idealizador e coordenador da OCC.

Ainda segundo Targino, a preocupao de dar esse suporte aos aprendizes do Coque era, desde o incio, um anseio dele e de Cussy de Almeida, o maestro que primeiro esteve na coordenao musical da Orquestra e que o ajudou a fundar o programa. Por questo de outras necessidades mais urgentes para o funcionamento da escola, esse plano foi ficando para depois, mas agora ser executado, completa.

Para Blenda, o Ncleo realizar um trabalho indispensvel. A psicologia entra no projeto como uma possibilidade de atendermos as demandas da instituio como um todo. Entendemos que nenhum trabalho social poder perder de vista uma viso sistmica que contemple todos os atores do processo de formao dos nossos alunos. um projeto que traz a possibilidade de beneficiar os estudantes, professores, famlias e pessoas que trabalham na instituio, explica.

Ela alerta tambm para a importncia do acompanhamento psicolgico na vida dos seres humanos, independentemente da classe social. Ter um espao em que possamos ser ouvidos, legitimados e reconhecidos enquanto seres com direitos e deveres faz uma enorme diferena na conduo da vida. No partilhamos da ideia de considerarmos nossas crianas e suas famlias como pessoas sem recursos e, por isso, preferimos trabalhar na direo do empoderamento de cada um daquilo que tem de melhor, diz a psicloga. Para ela, a pobreza no s material, h pessoas com muitos recursos que so absolutamente desprovidas de qualquer riqueza pessoal, e outras que, apesar das condies precrias, fazem muito e arrancam leite de pedra. Queremos fazer parte desse processo sem perder de vista que acreditamos em todos e na capacidade de cada um transformar sua vida, finaliza Blenda.

Alm do atendimento realizado de segunda a sexta-feira, reunies sero feitas aos sbados com os familiares para que haja uma interao entre famlia e escola. Temos conscincia de que so os familiares e as pessoas do convvio dos alunos que mais influenciam a formao do psicolgico; por isso, preciso haver um trabalho conjunto para a maior eficincia do resultado, diz Joo Targino.

Janayna Mendes, coordenadora pedaggica da Orquestra, concorda que imprescindvel a orientao psicolgica para os meninos e meninas do Coque. J tivemos casos bem graves de desequilbrio psicolgico aqui no programa, alm dos comuns conflitos de transio da infncia para a idade adulta, fase por que a maioria deles est passando, sustenta.

A coordenadora salienta que os meninos e meninas lidam com realidades muito dspares o tempo todo. Quando viajam para se apresentarem, eles ficam hospedados em hotis que oferecem certo luxo, principalmente se comparado vida a que esto acostumados. Quando retornam para dividir a cama com mais trs irmos, passam por conflitos difceis de superar, explica Janayna. Problemas quanto sexualidade tambm so recorrentes segundo a coordenadora. A fase de descobrir-se sexualmente e, se no h apoio em casa, o que geralmente no h, esse fator pode tambm causar transtornos, completa.

PRXIMOS CONCERTOS

16/12/2017

Meninos de Igarassu no 1 Festival Infantil de Natal (Fintal)

16/12/2017

OCC Ipojuca na Ferreira Costa

19/12/2017

Cantata de Natal no Colgio Motivo

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.