POR

/

ENG

Revistas

Parceria com a Caixa rende bons frutos

A Caixa Econmica Federal (CEF) renovou, em outubro, o patrocnio do programa Orquestra Criana Cidad dos Meninos do Coque (OCC), carro-chefe da Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC). A renovao, que vlida por dois anos e garante recursos 40% maiores que os do contrato anterior, prev a realizao de um concerto pblico por ms at o final de 2013, como forma de prestar contas sociedade do trabalho promovido no projeto e, de quebra, esquentar a cena cultural pernambucana. Os espetculos j comearam e esto sendo apresentados no centro artstico do banco, a Caixa Cultural, localizada no Marco Zero, Recife.

uma honra apoiar esse projeto importantssimo para o Recife e para o Brasil e colaborar com a aproximao entre ele e a sociedade, afirma o superintendente regional da Caixa no Recife, Paulo Nery. O patrocnio da CEF garante o salrio dos funcionrios, a alimentao e os uniformes dos alunos e dos empregados e fundamental para a manuteno de uma iniciativa que inovadora e de grande sucesso em mbito nacional.

Para o coordenador geral do programa, juiz Joo Targino, o patrocnio da Caixa Econmica significa muito para a Orquestra Criana Cidad. Conseguimos um aporte financeiro que viabiliza a manuteno de boa parte de nossos alunos. Alm disso, possuir uma parceira do porte da Caixa uma referncia para qualquer projeto social. A meu ver, a Caixa, ao renovar esse patrocnio, ratifica o ideal de que , de fato, um banco que no s acredita, mas investe nas pessoas.

A parceria da Caixa com a Orquestra comeou em 2008, quando, passando por dificuldades financeiras para dar continuidade ao programa de incluso social, Joo Targino fez um apelo ao ento presidente Lula para que intercedesse em favor dos meninos e meninas do Coque. Lula conversou com seu ministro de Relaes Institucionais, Jos Mcio Monteiro, para que falasse com Maria Fernanda Coelho, que era a presidente da CEF na poca. Alguns meses depois, o acordo estava firmado.

Paulo Roberto dos Santos, atual presidente da instituio, no esconde o reconhecimento com relao ao programa. A Caixa no observa apenas seus nmeros, mas tambm os frutos sociais de seu trabalho, percebendo o amor, o carinho e a dedicao com que o projeto (da Orquestra) levado adiante. Diante do sucesso, ns temos o prazer de renovar, mais uma vez, o apoio. E tenho certeza de que a parceria ser reafirmada muitas e muitas vezes, comentou.

Paulo Nery afirma que tem confiana de que a Orquestra Cidad o melhor destino para o recurso financeiro da Caixa: O programa tem credibilidade e importante para a sociedade como fator de transformao, alm de levar o nome e a cultura da nossa cidade e do nosso estado para o resto do Brasil e para o mundo.

CONCERTOS PBLICOS EMOCIONAM PLATEIA NA CAIXA CULTURAL
Os primeiros concertos pblicos realizados na Caixa Cultural ocorreram em novembro (21) e dezembro (5). Se um concerto-aula, focado em temas de filmes conhecidos, deu incio srie de apresentaes, o segundo show se destacou pela mescla entre temas natalinos e uma homenagem ao centenrio de Luiz Gonzaga.

Estava previsto, para a noite do dia 21, um repertrio misto com obras eruditas. No entanto, como a plateia surpreendeu pela composio muitos alunos da Escola Estadual Torquato de Castro, de Aldeia, e integrantes da ONG Moradia e Cidadania , a regente Aline Lima, violista e professora da Orquestra, resolveu oferecer o formato de concerto-aula. Antes de comear a apresentao, Aline explicou como funciona uma orquestra de cordas. A regente elucidou o pblico a respeito dos tamanhos dos instrumentos e das diferenas de sons e disposio dos instrumentistas. Muitas curiosidades sobre os procedimentos a serem seguidos pelos msicos em uma orquestra foram abordadas.

Depois da regional Mouro, de Guerra Peixe, obra que marcou o movimento armorial na dcada de 70, seguiu-se o Medley Brasil, com arranjo feito especialmente para os Meninos do Coque. Mas foi na execuo da famosa My Way que o ponto alto do concerto foi alcanado. O solo do jovem spalla Joo Pedro Lima emocionou a plateia. Joo Pedro tocou com o corao, homenageando a me, Rosinha Lima. Em janeiro prximo, o adolescente viaja para a Alemanha, onde passar um ano em intercmbio de estudos.

UM NATAL GONZAGUEANO
A performance do dia 5 deixou o espao da Caixa Cultural cheio, com pessoas assistindo ao concerto de p e em clima de festa para celebrar o Natal e homenagear Luiz Gonzaga a poucos dias do seu centenrio de nascimento.

Apostando no talento dos meninos e meninas do Coque, o maestro Gustavo Paco convidou jovens msicos da Orquestra C dos iniciantes para tocarem a primeira pea, de tema natalino, junto com os mais experientes. O regente tambm introduziu dois novos instrumentos de percusso, o chicote e a matraca, que foram especialmente fabricados pelos aprendizes da Escola de Formao de Archetier e Luthier da Orquestra.

Em seguida, foram executados trs arranjos para msicas de Luiz Gonzaga, acompanhados por uma plateia animada e danante. O spalla Joo Pedro Lima se aventurou como maestro em uma das peas. No final, mais uma novidade: alguns meninos e meninas fizeram um coral para as peas natalinas.

PRXIMOS CONCERTOS

19/12/2017

Cantata de Natal no Colgio Motivo

20/12/2017

Cantata de Natal na Caixa Cultural Recife

20/12/2017

OCC no Sesi PB

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.