POR

/

ENG

Revistas

Orquestra recebe novas atividades

O ano de 2013 iniciou repleto de novidades para a Orquestra Criana Cidad. Com a inaugurao da unidade dois, na atual sede do projeto, a Orquestra ganha mais integrantes tanto para compor o quadro de funcionrios, quanto para estudar nas novas salas de aula. O prdio da nova unidade abrigar a coordenao pedaggica do programa social, bem como novos espaos para os estudantes de instrumentos de Sopro e os novos ncleos de pedagogia e psicologia.

Com a implementao do novo espao, mais 30 alunos ingressaro na escola de msica da orquestra, elevando para 160 o nmero de beneficirios do programa. A Orquestra Criana Cidad est passando por um importante momento agora. A fundao dos novos ncleos revela-se de suma importncia na medida em que est expandindo os horizontes e criando oportunidade para que mais crianas participem do projeto, explica Joo Targino, idealizador e coordenador geral da Orquestra.

Nucleo de sopros
Com novas salas de aula e um grande e bem equipado auditrio, a Orquestra acresce, agora, os instrumentos clarinete, obo, fagote, trompa e flauta transversa ao conjunto dos jovens msicos do Coque, elevando o grupo categoria de orquestra de cmara. Essa realizao significa um ganho especial para a Orquestra Criana Cidad, uma vez que lhe possibilitar incluir mais peas em seu repertrio, alm de treinar composies de maior complexidade.

Trinta novos alunos preenchero, inicialmente, as vagas no naipe de sopros, sendo um grupo de seis alunos para cada instrumento. Segundo a coordenadora pedaggica do projeto, Janayna Mendes, houve uma grande procura da comunidade para as novas vagas. Muitas crianas que buscam o projeto s conhecem o violino e, por isso, querem tocar esse instrumento. A esses alunos, ns apresentamos os demais instrumentos para ver se h algum outro interesse. Ns buscamos sempre conciliar as vagas disponveis com o interesse do pretendente, revela Janayna.

Eriston Galdino, de 11 anos, morador da comunidade do Coque e se inscreveu na seleo dos alunos para o Ncleo de Sopro. Quero entrar no grupo (da Orquestra), aprender a tocar trompa e mostrar para minha me, para que ela tenha orgulho de mim, afirmou o garoto.

Ncleo de psicologia
Formado pelas psiclogas Fabola Pimentel e Alexsandra Lins, o novo ncleo visa oferecer atendimento, orientao e apoio a alunos, familiares e funcionrios que integram o projeto. Segundo o coordenador Joo Targino, a implementao desse espao fundamental. Muitos dos nossos alunos passam cotidianamente por problemas muito fortes, de ordem familiar. Ento, o apoio psicolgico para esses alunos se mostra imprescindvel, afirma.

Em atividade desde o incio de maro, o ncleo, no momento, est fazendo um levantamento de demandas e diagnstico institucional, na qual sero apuradas as dificuldades e carncias dos alunos. Aps o perodo de anlise, ser realizado um trabalho mais especfico com os alunos. A partir do diagnstico j realizado, decidimos realizar oficinas sobre bullying para os menores e sobre sexualidade para os jovens. Essas so necessidades mais emergentes observadas para esses grupos, explica Fabola.

J com as famlias sero realizadas atividades peridicas, tambm em grupo. O objetivo criar uma integrao da comunidade com o projeto. Pretendemos realizar, juntamente com os familiares, um mapeamento da rede de apoio do Coque. Assim, conseguimos identificar mais facilmente as necessidades dos que participam do projeto e direcion-los aos rgos de apoio dentro da prpria comunidade. Temos que ter em mente sempre o seguinte questionamento: de que forma podemos ter um olhar ampliado sobre o projeto?, comenta Alexsandra.

Ainda de acordo com a psicloga, as atividades do ncleo no terminam por a. Ainda havero as atividades que atingem os educadores e os demais funcionrios. Os professores so o principal contato com os alunos, e eles precisam estar preparados para lidar com a demanda dos menores. Alm disso, a partir de agora, todas as novas contrataes de profissionais passaro por uma avaliao psicolgica, revela ela.

Graas a uma parceria com a Universidade Catlica de Pernambuco (UFPE), os Meninos do Coque tero acesso a atendimento clnico na estrutura da universidade, alm de receberem apoio dos estagirios da instituio, que estaro realizando atividades em conjunto com as psiclogas na sede do projeto.

Ncleo pedaggico
Outra novidade na Orquestra Criana Cidad em 2013 a implementao do Ncleo Pedaggico, que completar o acompanhamento dos estudantes a partir do ms de abril, intensificando o reforo escolar j realizado no projeto. Grande parte dos alunos chega ao projeto com uma enorme carncia no ensino regular. nesse aspecto que o pedagogo cumpre um importante papel dentro das atividades do projeto. Eles atuam como um reforo s atividades escolares dos alunos, suprindo, assim, as deficincias do ensino pblico e permitindo que nossos alunos tenham um ensino completo, tanto musical quanto escolar, explica Joo Targino.

PRXIMOS CONCERTOS

24/08/2017

Recebimento da Medalha de Mrito Jos Mariano

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.