POR

/

ENG

Revistas

Competio - Esporte para ressocializar

2 Olimpada Criana Cidad promove incluso social atravs de jogos escolares Prometemos honrar o esprito esportivo, a glria do esporte e as nossas equipes. Este foi o juramento proferido pelas 1.300 crianas presentes na sede da Secretaria de Educao do Estado (Seduc), bairro da Vrzea, no dia 6 de setembro, em razo da abertura da 2 Olimpada Criana Cidad. Uma iniciativa da Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC) em parceria com a Seduc, a competio, realizada duas vezes por ano, tem o objetivo de ressocializar crianas e adolescentes que vivem em situao de alto risco social por meio do esporte.

Em 2013, foram 20 escolas estaduais atendidas pelo projeto Escola Legal participando em dez modalidades esportivas diferentes: futebol de campo, futebol de salo, atletismo (100 m, 200 m, 400 m e 800 m), vlei, basquete, handebol, xadrez, damas, queimado e jogos digitais. Os encerramento dos jogos ocorreu no dia 22 de novembro, unindo jovens entre 14 e 17 anos.

A prtica dos esportes importante para promover tanto a sade fsica quanto a mental, alm do desenvolvimento das relaes interpessoais dos meninos. tambm uma forma de mant-los longe do universo da criminalidade, garante Vernica Campos, coordenadora do Escola Legal. Promovido pela Vara da Infncia e Juventude, o projeto est presente em regies de vulnerabilidade. O Escola Legal atua com foco no enfrentamento da violncia dentro das instituies de ensino, em situaes em que crianas e adolescentes aparecem como vtimas ou autores.

A solenidade de abertura foi marcada por um concerto da Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque, projeto da ABCC, que entoou canes como o hino de Pernambuco e o hino nacional; Carinhoso, de Pixinguinha; Asa Branca e Mouro, de Luiz Gonzaga; Aquarela do Brasil, de Ary Barroso; e Por una Cabeza, de Carlos Gardel.

O evento foi prestigiado pelo desembargador e presidente da ABCC, Nildo Nery; pelo Secretrio de Educao de Pernambuco, Ricardo Dantas; pela representante do Comit Olmpico Internacional, rica Alhadas; e pelo atleta paraolmpico Lus Silva, entre outras personalidades. Lus atleta de natao e medalhista nas Paraolimpadas em Sidney, no ano de 2000, e em Atenas, quatro anos depois. O esporte uma tima forma de educar, de aprender a respeitar o outro, de superar as dificuldades impostas. Eu espero que o esporte possa ensinar isso a vocs, disse o atleta.

No ano passado, foram 18 escolas participantes. O objetivo expandir cada vez mais a prtica do esporte como forma de promover a cidadania e a solidariedade entre os jovens. Pretendemos ampliar o alcance da Olimpada at que todas as Escolas Legais estejam participando, inclusive no interior de Pernambuco, disse o desembargador Nildo Nery.

Neste ano, as escolas abarcadas foram Santa Paula Frassinetti, Cldio de Lima Nigro, So Francisco de Assis, Felipe Camaro, Monte Verde, Erem lvaro Lins, Irm Magna, Jos Maria, Comandante Luiz Gomes, Poeta Mauro Mota, Professor Cndido Pessoa, Nossa Senhora da Conceio, Rotary Nova Descoberta, Jornalista Costa Porto, Assis Chateaubriand, Gercino Pontes, Vila dos Milagres, Case Frei Jaboato, Case Santa Luzia e o Colgio da Polcia Militar.

PRXIMOS CONCERTOS

23/10/2017

Abertura da Semana Nacional de Cincia e Tecnologia

29/10/2017

Encerramento do 1 Festival do Livro do Ipojuca

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.