POR

/

ENG

Revistas

Superao - Meninos do Coque em Gois

Programa Criana Cidad atinge seus principais objetivos de educao bsica: profissionalizao e insero no mercado de trabalho


Sorrisos que vo de um canto a outro do rosto e esperana no olhar. Cinco meninos da Orquestra Criana Cidad Antonino Dias, Isaas Tavares, Inaldo Nascimento, Carlos Rosendo e Fagner Zumba foram aprovados no Concurso da Orquestra Sinfnica de Goinia e comeam a trilhar os caminhos de uma carreira profissional na msica erudita. O grupo um dos mais importantes do Estado de Gois. Fundada h 20 anos, a Orquestra composta por 74 msicos e um coro de 48 vozes.

A aprovao dos jovens do Coque foi o primeiro resultado concreto do Programa Criana Cidad. Essa conquista veio como algo que mostra o fim de um ciclo. Ns conseguimos formar cidados, profissionaliz-los e inseri-los no mercado de trabalho. A Orquestra conseguiu cumprir verdadeiramente o seu objetivo, aponta o coordenador geral do projeto, o juiz Joo Targino.

Os cinco aprovados no s deram um passo importante na vida, mas tambm reacenderam a motivao dos outros alunos. Dos cinco selecionados, Antonino, Isaas e Inaldo j assumiram, respectivamente, os postos nos instrumentos contrabaixo, viola e violoncelo. J os contrabaixistas Carlos Rosendo e Fagner Zumba iro assumir os cargos no segundo semestre de 2013.

Os alunos souberam da abertura do edital atravs do professor de violino da Orquestra Criana Cidad Ademar Rocha. O educador tinha cincia de que eles tinham condies de passar e insistiu para que se inscrevessem no teste. Alguns estavam receosos e buscavam motivos para justificar a inviabilidade em participar, argumentando sobre a falta de dinheiro para ir a Gois e para a hospedagem durante a seleo. Com poucos telefonemas, essas questes foram resolvidas. A ex-professora de viola da Orquestra Nilzeth Galvo, que mora atualmente em Goinia, convidou os cinco jovens para ficar na casa dela nesse perodo de provas. As passagens para a realizao do concurso foram pagas pelo presidente da Associao Beneficente Criana Cidad, desembargador Nildo Nery. Aps a resoluo burocrtica do deslocamento para o Centro- -Oeste do Pas, no havia mais desculpas.

Para ajudar na preparao da turma pernambucana, Ademar promoveu um simulado musical. Antonino, Isaas, Inaldo, Carlos e Fagner tocavam para o professor que tambm exerce a funo de maestro em outra orquestra e recebiam instrues sobre os pontos a serem melhorados. A audio foi uma prvia de como seria o concurso. Isso nos ajudou a relaxar e confiar no nosso trabalho comenta o contrabaixista Fagner Zumba.
Eu estava desanimado. Isaas ficava me dando fora para eu no desistir. Esse foi o meu primeiro concurso e no esperava que fosse passar. Estou me sentindo realizado por, agora, ser um profissional da msica, explica Inaldo.

A notcia da aprovao chegou at eles ainda na viagem de volta ao Recife. O msico Beethoven Silva, marido da professora Nilzeth, ligou para os jovens dando a notcia da aprovao. A felicidade tomou conta deles, que demoraram a acreditar no que tinham acabado de ouvir.

Felicidade maior foi a sentida por Isaas. Ele fez a prova pensando em ser msico de fila, como chamado o instrumentista que segue as ordens do maestro, do chefe de nipe e do spalla msico que lidera o grupo, depois do maestro. No entanto, foi surpreendido com a notcia que seria o chefe do nipe de violas da Orquestra Sinfnica de Goinia.


OS CAMINHOS DA CONQUISTA

Dois dias viajando de nibus, de Recife a Gois, separavam os meninos do Coque do objetivo maior da viagem: a aprovao no concurso pblico. Os msicos tomaram o nibus no Terminal Integrado de Passageiros do Recife (TIP), no sbado, dia 4 de junho. Durante a viagem, os cinco ficavam trocando ideias sobre a prova. Eles chegaram a Goinia na segunda-feira. A prova seria realizada no dia seguinte.

O percurso trouxe cansao, mas os jovens queriam recuperar o tempo perdido na estrada. Em um dos quartos da casa de Nilzeth, puseram-se a estudar; enquanto um tocava, os outros iam observando e fazendo comentrios sobre a execuo das msicas. O companheirismo entre ns foi muito importante. Um ficava apoiando o outro. Sabamos que o nosso diferencial era a humildade, aponta Antonino Dias.

O exame reuniu msicos de vrias regies brasileiras. Quando ns chegamos ao local das audies, eu senti que as pessoas olhavam de forma diferente. Era um olhar preconceituoso por sermos do Recife e participarmos de um projeto social. A partir desse momento, eu falei para meus companheiros que teramos que dar o nosso melhor, para mostrar a que viemos, contou Isaas.

Os primeiros de Pernambuco a se apresentarem foram Isaas e Inaldo, seguidos dos contrabaixistas da Orquestra. Carlos entrou na sala, fez a prova e percebeu que, na ltima partitura, que deveria ser obrigatoriamente tocada, havia um detalhe que requeria muita ateno e poderia eliminar muitos candidatos. Ao sair da prova, Carlos me avisou para ficar atento ltima passagem da msica. Isso me garantiu a aprovao em primeiro lugar, lembra Antonino.

Na banca de avaliao, estavam o violinista e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro Daniel Guedes e o maestro e coordenador musical da Sinfnica de Goinia, Eduardo Meirinhos, que ficou surpreso com a atuao dos msicos do Coque. O nvel dos candidatos de Pernambuco muito bom. Espero que outros alunos da Orquestra Criana Cidad tambm participem das prximas selees para integrar a Orquestra Sinfnica de Goinia.


DE VOLTA PARA CASA

O sentimento de dever cumprido estava estampado no rosto de cada um. Para Antonino, Isaas e Inaldo, a mudana foi mais rpida, pois eles tinham que assumir seus cargos at o final de junho de 2013. J Carlos e Fagner tm at o ms de novembro para serem oficialmente integrados ao grupo.

Ao receberem as notcias, as famlias sentiram uma mistura de alegria, pela aprovao dos filhos, e tristeza, pela iminncia da separao. Na casa de Isaas Tavares, a emoo foi grande; junto me, o garoto relembrou a infncia difcil. O violista foi abandonado pelo pai aos trs anos de idade e, desde pequeno, teve que conviver com as desigualdades sociais, to presentes na comunidade do Coque.

Cerca de 40 mil pessoas residem no bairro, em ruas estreitas e sem saneamento bsico. Esse foi o cenrio em que no s Isaas, mas todos os integrantes da Orquestra Criana Cidad cresceram. Por falta de dinheiro, o menino pediu esmola na rua, foi catador de lixo e trabalhou como vendedor de picol para ajudar a me em casa. A entrada no programa Criana Cidad foi decisiva para lhe trazer uma nova expectativa de vida.

Para o violoncelista Inaldo, sair do Recife foi uma deciso difcil de tomar. O jovem era o homem da casa, morava com a me, Vilma Maria Carneiro, e uma irm mais nova. Eu quase no fazia a inscrio do concurso. No sabia como a minha famlia ia ficar sem mim. Conversei com a minha me, e ela me apoiou. Hoje, eu quero ganhar o meu dinheiro e poder ajudla, revelou.

O contrabaixista Antonino Dias foi aprovado em primeiro lugar na sua categoria. O msico j havia feito uma prova anterior, no ms de fevereiro, para integrar a Sinfnica de Goinia, mas no havia ficado entre os selecionados. Em sua segunda oportunidade, Antonino se deparou com um repertrio similar ao exigido no ltimo concurso, e se sentiu mais seguro para fazer a prova. Quando eu fui dar a notcia para a minha famlia, eu fingi que no havia passado. Depois, eu contei a verdade e todos ficaram felizes; meu pai disse at que iria fazer uma festa, contou o menino, empolgado. O baixista tambm j est separando os documentos para fazer a transferncia da Universidade Federal de Pernambuco, onde estuda bacharelado em msica, para continuar o curso em Gois.

Os trs msicos que assumiram de imediato tm a pretenso de dividir as despesas de um apartamento em Gois, mas, enquanto no se mudam, vo ficar na casa da amiga Nilzeth. Os ensaios com o novo grupo j comearam, e a saudade de todos que ficaram em Pernambuco j expressa atravs de mensagens nas redes sociais.

PRXIMOS CONCERTOS

27/04/2017

Concerto didtico com o Quarteto Groovy

02/05/2017

Ncleo Popular da OCC

03/06/2017

2 Concerto Oficial da Temporada 2017

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.