POR

/

ENG

Revistas

Comemorao - Referncia no atendimento social

A Associao Beneficente Criana Cidad e seus beneficirios s tm motivos para celebrar, em 2015, o 15 aniversrio da organizao.

Certa vez, o escritor brasileiro Rubem Alves disse: H escolas que so gaiolas e h as que so asas. Ele explicou que escolas-gaiolas existem para que os pssaros desaprendam a arte do voo; j as que so asas servem para estimular, nos pssaros, a coragem para voar. A Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC) est celebrando 15 anos de trabalho na rea da infncia e juventude e cada ano que passa motivo para se comemorar as conquistas alcanadas. Uma exmia escola-asa, a ABCC tem a misso de promover a defesa dos direitos e o exerccio da cidadania das crianas, adolescentes e de suas famlias, em especial daquelas em situao de rua e risco social.

O Programa Criana Cidad, que ainda no era uma organizao no governamental, foi criado no ano 2000, quando o desembargador Nildo Nery dos Santos assumia a presidncia do Tribunal de Justia de Pernambuco (TJPE). A primeira grande ao do Programa, poca sob a gide do judicirio pernambucano, foi a retirada de 24 famlias que moravam nas caladas da Rua do Imperador, Santo Antnio, rea central do Recife. A criao de duas vilas Nossa Senhora de Ftima e So Francisco permitiu que elas tivessem moradia digna e segura, no bairro do Cordeiro.

Preocupados com o acesso dos moradores das vilas educao e cultura, o Programa criou um ambiente de interao sociocultural, denominado Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad. O projeto oferece reforo escolar e acompanhamento pedaggico, entre outras atividades, a 100 crianas. Alm disso, promove cursos tcnicos profissionalizantes gratuitos para a populao jovem e adulta recifense.

Em fevereiro de 2001, o Programa realizou a 1 Olimpada Criana Cidad. A competio props o tema Mais esporte, menos violncia e revelou atletas do pentatlo moderno nacional, como Yane Marques e Keila Costa. Anos depois, a Olimpada se expandiu para as cidades de Caruaru, Garanhuns e Gravat.

Com o final do binio do desembargador Nildo Nery como presidente do TJPE, o Programa desvinculou-se do Tribunal e, em 2003, tornou-se uma ONG a Associao Beneficente Criana Cidad. Parceiros e apoiadores continuaram contribuindo para o crescimento da organizao e, em 2005, o juiz de Direito Joo Jos Rocha Targino, conselheiro da ABCC na poca, uniu-se ao desembargador Nildo Nery para criar um novo programa sociocultural.

Aps assistir a uma apresentao de msica clssica feita por um projeto social na comunidade do Alto do Cu, no Recife, Joo Targino decidiu criar uma ao semelhante. Com a ajuda do maestro Cussy de Almeida, o juiz lanou oficialmente, no ano de 2006, a Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque. O projeto atende de forma gratuita a 227 beneficirios, com idades entre 7 e 21 anos. Os alunos recebem aulas de instrumentos de corda, teoria musical, percusso, flauta doce, canto e coral e instrumentos de sopro. A Orquestra tambm garante a profissionalizao dos alunos na Escola de Formao de Luthier e Archetier, um dos ncleos da Orquestra, onde os jovens aprendem o ofcio de construo e reparo dos instrumentos de corda.

> Quinze anos de conquistas:

Ao longo de 15 anos de atividades, os projetos da ABCC mudaram a vida dos beneficirios, trazendo-lhes uma nova realidade e diversas oportunidades. Os trs braos da instituio Orquestra Criana Cidad, Espao Cultural e Esportivo e Olimpada Criana Cidad trabalham com canais de socializao distintos (msica, apoio educacional e esportes). O objetivo de todos eles, no entanto, o mesmo: lutar a favor da incluso social de crianas e jovens.

No Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad, o pblico tem acesso a laboratrio de informtica, de modelagem e costura, salas de reforo, sala de msica e biblioteca comunitria. Alm disso, so realizados cursos profissionalizantes em parceria com o Servio Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). As instalaes do projeto sofreram modificaes para melhor atender aos beneficirios. O Espao ganhou um galpo de eventos para reunies e atividades recreativas da comunidade (participantes ou no dos projetos do Espao) do Parque do Caiara, no Cordeiro.

As crianas tambm podem praticar jud. O time formado por 11 atletas, entre 9 e 14 anos, que j passaram da faixa branca, a graduao inicial do esporte. Sob a coordenao do professor Anderson Felipe Pereira, meninos e meninas participaram da edio 2014 do Trofu Luiz da Mota Silveira, no ginsio do Sport Club do Recife. Entre escolas da rede pblica e particular do Estado, a Associao Beneficente Criana Cidad destacou-se como a segunda equipe mais premiada do torneio, organizado pela Federao Pernambucana de Jud. Dos 11 judocas que representaram a ABCC, cinco conquistaram o primeiro lugar em suas respectivas categorias, trs ficaram em segundo lugar, e quatro, em terceiro. Todas as crianas levaram trofus para casa.

Anderson Felipe Pereira iniciou os alunos no esporte e comemora a evoluo do grupo nos treinos e campeonatos. A fora de vontade deles impressionante. Isso contribuiu para que tivessem um desenvolvimento rpido e se destacassem nos torneios, enfatizou Anderson.

Com o apoio de voluntrios da Associao Internacional dos Estudantes de Cincias Econmicas e Comerciais (Aiesec), os alunos do Espao participam, anualmente, no ms de janeiro, de projetos socioculturais. As aulas so ministradas por intercambistas da Europa e da Amrica Latina. Em 2015, a Aiesec trouxe aos alunos do Espao os projetos Gira mundo, Gaia e Driblando.

O Gira Mundo uma ao social que tem como objetivo atrair estudantes estrangeiros de diferentes partes do planeta para ministrar oficinas sobre diversos temas para crianas, jovens e adultos nas ONGs do Brasil. A segunda ao, denominada Gaia, tem foco na sustentabilidade. Atravs da educao ambiental, crianas desenvolvem, em equipe, estratgias para conservao e proteo do meio ambiente. J o Driblando aproveita a cultura do futebol brasileiro para trabalhar temas como tica, liderana e cidadania.

Os beneficirios da Orquestra Criana
Cidad, por sua vez, tambm alaram voos altos. Alguns dos jovens conseguiram aprovao nos vestibulares da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); outros em concurso pblico para integrar a Orquestra Sinfnica de Goinia, no estado de Gois; grande parte deles j participou de grandes festivais brasileiros de msica clssica e outros gneros musicais.

Segundo o idealizador da Orquestra, Joo Targino, a aprovao dos alunos no concurso da Orquestra Sinfnica de Goinia mostrou o fim de um ciclo. Ns conseguimos formar cidados, profissionaliz-los e inseri-los no mercado de trabalho. A Orquestra conseguiu cumprir verdadeiramente o seu objetivo, explicou.

Grandes apresentaes tambm esto no currculo da Orquestra. Uma das principais aconteceu em 2014, quando um grupo de 44 adolescentes se apresentou para o Papa Francisco, no Vaticano. Durante a turn pela Europa, o grupo tocou ainda em Portugal, para o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho. Os jovens tambm tiveram a honra de mostrar seu talento para dois presidentes do Brasil, Luiz Incio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Tocar para o Papa Francisco fez com que a Orquestra ganhasse mais visibilidade nacional e internacionalmente. Esse feito tambm garantiu que o projeto pudesse ser visto como uma iniciativa sria e com grandes perspectivas de crescimento, apontou o maestro da Orquestra Criana Cidad, Nilson Galvo Jr.

A Olimpada Criana Cidad mais um projeto bem-sucedido idealizado pela ABCC. A competio acontece a cada dois anos e busca englobar atividades que possam integrar socialmente crianas e adolescentes de escolas pblicas de Pernambuco por meio do esporte, alm de conscientiz-los sobre as temticas da violncia e das drogas. Na competio de 2013, participaram 20 escolas estaduais, divididas em 10 modalidades esportivas diferentes: futebol de campo, futebol de salo, atletismo (100 m, 200 m, 400 m e 800 m), vlei, basquete, handebol, xadrez, damas, queimado e jogos digitais.

> O sonho da sede prpria tornou-se realidade:

O trabalho em conjunto entre diretoria, professores, equipe administrativa e coordenadoria de projetos da Associao Beneficente Criana Cidad fez com que a entidade deixasse a sua marca entre as ONGs que atuam pela incluso social em Pernambuco. Durante os 15 anos da ABCC, foram inmeros os resultados positivos obtidos a partir de iniciativas prprias. A recompensa pelo esforo veio em forma de presente. A ABCC ganhou sede prpria. O terreno com rea de 5.067 m, localizado no bairro do Cordeiro, foi doado pela Prefeitura do Recife. A portaria reconhecendo a cesso foi publicada pelo Dirio Oficial no dia 30 de maro.

Atualmente, o local abriga o Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad, as vilas de Nossa Senhora de Ftima e So Francisco e um terreno para ampliao da ONG. A rea construda conta com uma biblioteca comunitria, quatro salas de aula, um telecentro, um espao para eventos, copa, sala de culinria e duas salas destinadas a trabalhos administrativos. Para o presidente da ABCC, o desembargador Nildo Nery dos Santos, a doao da sede prpria foi uma grande conquista, que vai motivar a equipe a continuar trabalhando pelos menos afortunados.

Segundo o diretor de planejamento da ABCC, Herivelto Alexandre Silva, em posse da organizao, o prdio e o terreno podero ser remodelados para acolher os projetos e os setores administrativos. O espao ser utilizado da melhor maneira possvel, procurando trazer conforto e bem-estar a todos, alm garantir o atendimento s crianas, disse.

A notcia da sede prpria foi recebida pelos beneficirios durante a festa de Pscoa do Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad. Para a coordenadora pedaggica do projeto, Mariza Fabrcio, as crianas vo se sentir mais seguras com a doao do imvel. Os alunos gostam de estar na ABCC, pois o lar deles. Aqui recebem, educao, carinho, podem sonhar com um futuro digno e longe da violncia das ruas, completou Mariza.

BOLSAS DE ESTUDOS TRAZEM ESPERANA - Os alunos do Espao Cultural e Esportivo Criana Cidad ganharam o apoio de mais uma mo amiga. O Educandrio Maria Imaculada, localizado tambm no bairro do Cordeiro, fez a concesso de bolsas de estudos para os alunos mais participativos do projeto. As bolsas privilegiaram alunos do 5 e do 7 anos do ensino fundamental.

A parceria surgiu a partir de uma apresentao que a Orquestra Criana Cidad Meninos do Coque fez nas festividades de final de ano da escola. O professor de histria Joo Montarroyos intermediou a parceria. Para ns, uma honra poder contribuir com o crescimento educacional de alunos de uma ONG com projetos to significativos. muito positivo ter esses estudantes conosco, ajuda a trazer a vivncia da msica para dentro da escola, opinou o professor.

A dona de casa Sara Carolina da Silva me de Saulo Kaw, de 8 anos, um dos alunos agraciados com a bolsa. Eu me sinto muito segura por saber que meu filho est numa boa escola, com professores que vo lhe dar mais ateno. Ele vai ter a oportunidade que eu no tive de estudar e, com certeza, ter um grande futuro, afirmou, emocionada.

AS MOS QUE DERAM VIDA ABCC - A criao da Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC) foi guiada por um homem que sempre teve a igualdade e a justia social como objetivos principais na sua carreira. O desembargador Nildo Nery usou todos os mecanismos que estavam ao seu alcance para garantir os direitos de crianas, adolescentes e famlias em situao de rua.

Entre os maiores feitos do desembargador, esto: o reforo no sistema de mutires para agilizar a resoluo de processos; a criao do primeiro Centro de Justia Teraputica, para auxiliar rus com problemas mentais; e a criao do Programa Criana Cidad, que se transformou na ABCC.

Nildo Nery iniciou seus estudos no Colgio Porto Carreiro, seguindo meses depois para o Marista. O magistrado sempre foi envolvido com as atividades escolares; presidiu o Grmio Literrio Padre Champagnat e o boletim informativo Era Nova. Em 1954, comeou a estudar na Faculdade de Direito do Recife. Antes de se formar, ingressou no Tribunal de Justia de Pernambuco, atravs do concurso para tcnico em datilografia, no ano de 1957. Na poca, Nildo Nery tinha 23 anos e muitos objetivos profissionais em mente. Quatro anos mais tarde, foi promovido a secretrio geral do TJPE.

O magistrado passou sete anos atuando em cidades do interior de Pernambuco. Ao voltar para o Recife, decidiu investir na carreira acadmica, concluindo o curso de ps-graduao em Direito Pblico na Universidade Catlica de Pernambuco (Unicap), tornando-se professor de Criminologia na mesma instituio. Para se especializar, Nildo Nery participou de cursos de extenso, dentro e fora do pas, e publicou vrias obras jurdicas.

Ele est entre os fundadores da Escola Superior de Magistratura de Pernambuco (Esmape) e foi o primeiro coordenador da entidade, onde trabalhou por quatro anos e, por dois anos, assumiu a diretoria-adjunta da Escola Nacional de Magistratura (ENM). Aos 56 anos, aps trabalhar por 28 anos como juiz, Nildo Nery foi nomeado, em 1990, para o posto de desembargador do Tribunal de Justia de Pernambuco (TJPE). O magistrado ficou no cargo por 14 anos sendo vice-presidente do TJPE entre 1994 e 1995 e presidente de 2000 a 2002 , at aposentar-se, em 2004, e dedicar a sua vida, integralmente, ao trabalho social na Associao Beneficente Criana Cidad.

PRXIMOS CONCERTOS

23/10/2017

Abertura da Semana Nacional de Cincia e Tecnologia

29/10/2017

Encerramento do 1 Festival do Livro do Ipojuca

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.