POR

/

ENG

Revistas

Capa - Dez anos de msica e histrias

Dona Vera acorda todos os dias s 4h45, para estar s 7h na Orquestra Criana Cidad no bairro do Cabanga. So aproximadamente 23 km de Maranguape II, em Paulista, at a sede do projeto, no Recife. Vera Gomes de Paula auxiliar de servios gerais h oito anos na ONG, onde teve sua primeira experincia com carteira assinada. Hoje, com 53 anos, casada, dois filhos, uma filha e um neto, a funcionria diz-se satisfeita com o trabalho.

Ela uma das pessoas que tiveram a vida transformada pelo convvio com o projeto. Os concertos, os prmios, as viagens, os projetos, tudo isso est presente nas pginas no s desta, mas de todas as edies da Revista Criana Cidad. Nesta matria, a palavra est com aqueles que constroem o dia a dia da OCC e que ajudaram a engrandecer o projeto em seus dez anos de existncia. Me sinto muito bem aqui. Fao o possvel para conquistar meu espao e agradeo essa oportunidade, diz D. Vera. Ela j trabalhou em outras ONGs antes de chegar Orquestra por intermdio do
Maestro Cussy de Almeida, mas h um diferencial no espao. A msica que a gente escuta enquanto trabalha acalma. s vezes, eu paro, peo pra os alunos tocarem Carinhoso, My Way. Acho lindo! Ou ento eles vm me mostrar o que esto ensaiando. Fico muito orgulhosa de fazer parte dessa histria e poder ajud-los com algum conselho, como se fossem meus filhos, conta.

Quem tambm chegou OCC atravs do Maestro Cussy foi o professor de contrabaixo Joo Pimenta, que est no projeto desde a fundao, h dez anos. Atualmente, onze alunos tm aulas individuais com Pimenta, que embora tenha fama de rigoroso, tem facilidade para se relacionar com os alunos. Para ele, a relao amigvel se d quando eles demonstram interesse em aprender. Se um deles est desinterassado, prejudica todo o grupo. um desrepeito com os colegas. Ento, a gente chega junto para fazer com que todos trabalhem em harmonia, explica.

A tentativa, segundo o professor, buscar um equilbrio entre cobrar e deixar que os alunos se sintam relaxados na hora de aprender. Para Pimenta, seu maior prazer fazer msica e estar na Orquestra, porque no um instrumento para vaidosos, que tero destaque fazendo solos, por exemplo. Outro desafio de quem toca vencer o tamanho do contrabaixo e a dureza das cordas que, no comeo, podem machucar. uma honra fazer parte do projeto e ensin-los a base sonora de uma Orquestra.

Me sinto muito bem. bom v-los evoluindo, acrescenta. J a principal funo de Aldir Teodzio, coordenador pedaggico do Ncleo do Coque da OCC h quatro anos, ligar professores e alunos e facilitar o processo de aprendizagem. Antes de ser coordenador, Aldir ensinou durante um ano Teoria Musical e, com a mudana de cargo, tambm foi preciso mudar o comportamento. Quando eu era professor, os meninos diziam que eu era mais legal. Agora dizem que sou chato, mas tem que ser. A gente cria relaes de amizade, mas preciso limites e respeito.

No cotidiano, o mediador acompanha de perto os alunos, atravs do que os professores relatam. Entretanto, tambm h um esforo para que o bom relacionamento entre os mestres e eles exista. preciso, segundo Aldir, ser diplomtico e poltico para evitar conflitos desnecessrios que prejudiquem no desempenho dos alunos. Tento destacar sempre a importncia de todas as matrias na formao dos meninos, para que haja uma formao integral, detalha.

Para uma formao multidisciplinar, a Psicologia se faz igualmente necessria. Flvia Feliz psicolga, com experincia em projetos sociais, e est na Orquestra desde fevereiro de 2016. A importncia da Psicologia destacada pela profissional que tenta orientar os alunos nessa transio de mundos: Por muitos virem de uma realidade de risco, onde a violncia banalizada, essencial que a gente acompanhe esse processo de mudana para um novo ambiente. Afinal, aqui eles tm acesso a um outro mundo, onde regras so importantes e, muitas vezes, eles no esto acostumados, explica.

Alm do atendimento individual e de um horrio reservado na grade de horrios s sextas pela manh, h os grupos operativos, que escolhem temticas especficas para serem discutidas tanto com formaes menores, quanto maiores, atravs de palestras mensais. Existe ainda a orientao vocacional para os mais velhos decidirem com mais certeza para que vo prestar vestibular. Outro aspecto fundamental para que d certo a participao familiar, que, segundo Flvia, essencial, porque sem a famlia no h como sanar todas as dificuldades. No podemos fazer algo aqui que ser desconstrudo depois, pontua. E, em pouco tempo, a psicloga tem conseguido bons resultados, como num caso de um aluno recm-chegado que era extremamente problemtico, no sabia se comportar e tinha dificuldade de internalizar as regras. A soluo foi aproximar a famlia desse trabalho.

Com a cooperao dos familiares e com o apoio psicolgico, o garoto se tornou um exemplo de comportamento. Atualmente, para que todo trabalho desempenhado pelos funcionrios da Orquestra seja possvel, necessrio o apoio financeiro de parceiros, como o grupo de energia EBrasil, que est com a OCC desde 2014. A empresa procurou o projeto por consider-lo srio para investir recursos e cumprir seu papel de responsabilidade social. Para ns uma honra ter um brilhante relacionamento com um projeto de vulto to grande, no Estado de Pernambuco. Estamos bastante satisfeitos com os resultados sociais e artsticos, disse Dionon Cantarelli, diretor-presidente da EBrasil.

COMEMORAES - Dez horas da manh do dia 25 de julho de 2016. Dez anos antes era realizada a inaugurao da Orquestra Criana Cidad. Para comemorar o aniversrio de nascimento, uma missa em ao de graas foi celebrada pelo padre Caetano Pereira na Capela Dourada, no bairro de Santo Antnio. No repertrio, executado por um grupo de cmara da OCC e regido pelo maestro Nilson Galvo Jr., estiveram presentes compositores como Hndel, Bach, Franck e Schubert. Na homilia, o padre relembrou um pouco da trajetria do projeto e destacou que a Orquestra o carto de visitas de Pernambuco, onde possvel que se desabrochem as potencialidades dos jovens assistidos.

O grande concerto oficial em comemorao aos dez anos ser no dia 02 de setembro, s 19h30, no Teatro Luiz Mendona, do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem. Os ingressos so gratuitos e limitados. Esto confirmados para o repertrio, a Sinfonia n 9 Do novo mundo, do tcheco Antonin Dvork (1841- 1904), e Introduo e rond caprichoso, do francs Camille Saint-Sans (1835- 1921), com participao especial da violinista japonesa Yoko Kubo.

PRXIMOS CONCERTOS

19/07/2017

Orquestra Criana Cidad dos Meninos do Ipojuca na Caixa Cultural Recife

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

/criancacidada

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.