POR

/

ENG

Revistas

A unio do ecletismo juventude e ao talento

Estimulados pelo programa de msica de cmara da direo musical do projeto, conjuntos de cordas da Orquestra Criana Cidad buscam sucesso no cenrio musical recifense.

- Carlos Eduardo Amaral (colaborao: Paula Passos)

Com a maior parte dos alunos da Orquestra Criana Cidad dedicada ao aprendizado de instrumentos de cordas, era natural que surgissem grupos de cmara que agregassem jovens violinistas, violistas, violoncelistas e contrabaixistas. Em 2017, trs desses grupos esto em plena atividade, construindo identidades, planos, projetos e buscando se inserir no mercado musical da capital pernambucana: o Quarteto Overture, o Quarteto Groovy e o grupo Risoflora.

O Quarteto Overture nasceu em 2015, unindo quatro amigos da OCC que j tocavam juntos em outras orquestras, casamentos e festas de debutantes: Yuri Tavares (1 violino), Eduardo Silva (2 violino), Alexsandro Castro (viola) e Diego Dias (cello). O foco do quarteto no repertrio standard (barroco, clssico e romntico), mas tambm com uma lista j pronta de msicas mais populares, conforme o gosto da plateia e a formatao do evento.

A gente vem com um projeto, desde o ano passado, de ensaiar mais e se inscrever em festivais. H contratempos por conta dos horrios da universidade. Mas este ano a gente vai trabalhar para que acontea mesmo, no importando se tenha cach ou no. O que importa tocar. A gente quer divulgar mesmo o quarteto, conta Yuri. Em 2017, o Overture est ensaiando regularmente toda semana, no turno da noite.

O Quarteto Groovy nasceu no final de 2014 e formado por: Silverson Henrique (1 violino, substituindo Samuel Oliveira, da formao original), Andr Luiz (2 violino), Gabriel Francisco (viola) e Gabriel David (violoncelo). A ideia inicial do Groovy era fazer msica popular e regional, mas o quarteto acabou imergindo nos desafios do repertrio erudito, especialmente em peas de Haydn, Mozart e Smetana.

J cantores pop como Ed Sheeran e Christina Perri fazem parte do programa das apresentaes em casamentos. Atualmente, o Groovy (legal, maneiro, em ingls) toca em qualquer tipo de evento privado e est passando por uma reestruturao para definir os planos para 2017, entre eles o repertrio, a identidade visual e o conceito artstico. Talvez, a gente foque mais no clssico, porque mais completo e Recife est precisando de um grupo assim, afirma Gabriel Francisco. Ele diz que os colegas j esto ensaiando o Quarteto n 4 de Beethoven, com essa finalidade.

A Orquestra Criana Cidad contava com mais um quarteto de cordas em 2016: o Quarteto Ipojuca, liderado por Joo Pedro Lima. O 1 violino do grupo explica que preferiu encerrar o quarteto para dar andamento a uma produtora cultural, a Ipojuca Classic Produes, que ir gerenciar msicos de cmara conforme o pedido dos clientes.

Os quartetos Ipojuca, Groovy e Overture se apresentaram na Caixa Cultural Recife em setembro de 2016, quando ainda eram grupos representativos da OCC, e uniram-se para executar o Concerto de Brandemburgo n 3 de J. S. Bach, na segunda parte do concerto. A primeira parte reuniu o Divertimento em r maior e o Quarteto de cordas n 3 em sol maior, de Mozart, com o Quarteto Ipojuca; o Quarteto de cordas em f maior n 12, op. 96 Quarteto americano, de Dvork, com o Groovy; e o Quarteto de cordas n 3, op. 59, de Beethoven, com o Overture.

A existncia desses grupos se deve ao estmulo do maestro Nilson Galvo Jr., que, ao tornar-se regente e diretor musical da OCC, em 2014, implantou um programa de msica de cmara, coordenado por ele e pelo professor de violino Clvis Pereira Filho. Os msicos da Orquestra hoje so obrigados a formar grupos de cmara. Era uma lacuna quando cheguei ao projeto, rememora Nilson, que espera que os msicos futuramente possam contar com instrumentos mais avanados.

FLOR DO MANGUE O Risoflora um grupo de cordas, voz e percusso formado por alunas da Orquestra Criana Cidad cujas histrias so indissociveis da msica. Elas foram alfabetizadas musicalmente no projeto e uniram-se com o propsito de fazer arte e valorizar a riqueza cultural do Nordeste. O conjunto, cujo nome foi inspirado pela msica homnima de Chico Science & Nao Zumbi, exalta ainda a importncia do empoderamento feminino na msica, ocupando espaos historicamente dominados pelo universo masculino.

O grupo, que pretende lanar o primeiro CD em 2018, caso o projeto seja aprovado em editais de incentivo cultural, rene: Calini Brito (1 violino), Kaylla Duarte (2 violino) Letcia Ferreira (viola), Amanda Lopes (cello), as percussionistas Micaelly Cristina (violinista que fez questo de entrar no grupo, mesmo na percusso) e DanniellyYohanna (convidada), e a cantora Wanessa Mouta (voz e percusso, vide Revista Criana Cidad n 21). O futuro do Risoflora, eu j vejo: a gente em uma turn pelo Nordeste e, mais frente, pelo Brasil. A gente tem de sonhar alto para trabalhar e conseguir grandes feitos, diz Wanessa, feliz pelo trabalho da equipe.

PRXIMOS CONCERTOS

16/12/2017

Meninos de Igarassu no 1 Festival Infantil de Natal (Fintal)

16/12/2017

OCC Ipojuca na Ferreira Costa

19/12/2017

Cantata de Natal no Colgio Motivo

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.