POR

/

ENG

Revistas

Cartas

ANJOS EXISTEM MESMO?

Das mos do Dr. Nildo Nery, acabo de receber um exemplar raro da Revista da Associao Beneficente Criana Cidad (ABCC), onde contm uma srie de artigos bem escritos a respeito das atividades da Orquestra e de outros setores da Instituio, informando sociedade, o seu trabalho com as crianas do bairro do Coque, onde se planta uma semente com razes profundas nas nossas vidas, parecendo ser um resgate de uma poca de esquecimento daqueles que nada tiveram e viviam na misria, abandonados a sua prpria sorte. Acreditamos, que j se pode dizer: este era o bairro do Coque, onde imperava a
pobreza e a promiscuidade; hoje honra, com a chegada dos organizadores da Orquestra, levando o som para o mundo, com uma mensagem de esperana, com um exemplo de solidariedade humana.

Dos vrios artigos, destacamos o que foi escrito por Nzia Cerqueira, a respeito do Abrigo Filhos de Deus, dirigido por Maria Helena dos Anjos, que se dedica ao acolhimento de
pessoas com vrias enfermidades, vindas do interior ou de outros Estados, que no tm condies de se hospedarem. Pelo o que foi relatado, a instituio simples em instalao,
funcionando em duas pequenas casa, em Santo Amaro mas, oferece aos que procura, o maior apoio material e espiritual. A dedicao de Maria Helena dos Anjos ao Abrigo Filhos de Deus, atendendo aos necessitados, a prpria representao de um ANJO, ajudando s pessoas doentes, dando-
lhes todo o conforto, acolhendo-os como se estivessem em suas casas. Parabns Maria Helena, voc est em sintonia com o alto...

Clvis Cabral

COBERTOR DE ORELHA PARA OS VIOLINISTAS DO COQUE (Do Aqurio de Deus, Boa Viagem)

O escritor ANTONIO CORREA DE OLIVEIRA ANDRADE, uma Edio Moderna de FLORIANO PEIXOTO da Academia de Letras, sempre Vice, mas sempre Presidente, selou em texto formidvel de JUVENAL: O MENINO PAI DO HOMEM.

Esta abertura impulsiona o leitor para vencer com rapidez, inteligncia e gosto a leitura das 200 pginas que compem o livro VIOLINOS DO COQUE, de autoria do romancista
WALDNIO PORTO, atual presidente da Academia Pernambucana de Letras.

O leitor escala a subida e descida do pentagrama cultural na formao de uma sinfonia disciplinada pela batuta do maestro CUSSY DE ALMEIDA, fazenda lembrar PLATO, que admitiu ser a msica uma lei moral que disciplina a harmonia dos tons.

O professor ROSTAND PARASO, no prefcio sobre a Obra, aponta os responsveis pela construo de um novo edifcio para edificao da Sociedade Humana.

O juiz JOO JOS ROCHA TARGINO, idealizador e coordenador geral do Projeto atua como o profeta ARO, segurando as mos do seu irmo MOISS, no caso do desembargador NILDO NERY, incansvel lutador contra os amalequitas da pobreza, da
misria e da violncia, que tomaram conta das comunidades responsveis pelos riscos e desvios da sociedade enquanto, o professor MILTON LINS estimula os sanglots longs des
violons do Coque...

Josu de Oliveira Lima (DRT 019)

PRXIMOS CONCERTOS

20/11/2017

Projeto Som Cidado - Orquestra Jovem Criana Cidad

21/11/2017

Meninos do Ipojuca na Caixa Cultural Recife

01/12/2017

I Concurso de Jovens Solistas - Concerto dos Vencedores

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.