POR

/

ENG

Revistas

Ensino - Ensino musical, socializao e autoestima

Docentes da Fundao Getulio Vargas publicam estudo sobre os benefcios da educao musical como atividade inclusiva, aps anlise a 23 projetos sociais no pas.

- Paula Passos

1976. Um acidente de avio com msicos da Universidade Central da Venezuela marcaria a vida de Paulo Roberto Motta, professor titular da Escola Brasileira de Administrao Pblica e de Empresas da Fundao Getulio Vargas. Ele estava no ar, a caminho dos Aores, quando um avio a sua frente caiu. Ao aterrissar, ele soube do ocorrido. Muitos anos depois, a vontade de estudar projetos sociais que ensinavam msica clssica surgiu e, em 2016, ele e Valentina Schmitt, doutora em Administrao pela Ebape/FGV, publicaram na Revista de Gesto dos Pases da Lngua Portuguesa o artigo Valores gerenciais, carreiras profissionais e incluso social: o aprendizado de msica clssica em comunidades carentes.

O trabalho mostra como pessoas excludas socialmente podem ter mais chances de sucesso em carreiras profissionais em grandes organizaes, atravs do aprendizado de msica clssica. A anlise leva em considerao as percepes sobre o xito dos projetos na facilitao de ascenso social e na reduo do sentimento de excluso. De acordo com a pesquisa, os jovens beneficiados ganham uma nova perspectiva sobre si mesmos, tm a autoconfiana e a autoestima melhoradas, esto mais dispostos a esperar que os benefcios de longo prazo apaream, podendo ainda ter um novo equilbrio entre os valores da competio e da cooperao.

Para os pesquisadores, parte das crianas, sobretudo os mais pobres, iniciam os estudos carregando um sentimento de rejeio e de confinamento na pobreza. Sentem-se excludas das oportunidades oferecidas s crianas de outras esferas sociais. A perspectiva da mudana se concentra basicamente em alterar o sistema de oportunidades por meio de intervenes programadas ao redor do ensino e da prtica musicais coletivos.

Grande parte das comunidades estudadas utiliza como base El Sistema, um modelo didtico musical, criado na Venezuela, pelo economista e poltico Jos Antonio Abreu. O modelo consiste num sistema de educao musical pblico com acesso gratuito e livre por crianas e jovens de todas as classes sociais. Na Venezuela, ele gerido por um rgo estatal, responsvel pela manuteno de 125 orquestras e coros e pela educao de mais de 35 mil estudantes, com 180 ncleos espalhados pelo pas.

O objetivo deste artigo mostrar aos dirigentes empresariais e ao poder pblico que projetos desse tipo so vlidos. Por isso, divulgamos numa revista voltada para o mercado e no apenas para o mundo acadmico. Queremos ajudar iniciativas a buscarem recursos, atravs dos resultados de nossa pesquisa, explicou Paulo Motta. O administrador acrescenta ainda que diferente de projetos (tambm vlidos) voltados ao futebol ou msica popular, por exemplo, aes na rea de msica clssica proporcionam uma disciplina a longo prazo, sem pular etapas de estudos, devido a uma formao mais extensa e com retorno financeiro mais demorado.

Os dados foram obtidos atravs de cerca de 80 entrevistas realizadas em dois anos de pesquisa, financiada pela FGV, com professores, assistentes sociais e outros profissionais que trabalham em 23 projetos de msica clssica pelo Brasil orientados a jovens de bairros pobres. O prximo passo do estudo entrevistar exemplos de sucesso, de pessoas que vieram desses projetos e, hoje, conseguem ter projeo e espao no mercado de trabalho, seja ligadas msica ou a outras reas.

Paulo admirador do trabalho da Orquestra Criana Cidad e deseja agregar informaes do projeto, nessa prxima fase da pesquisa: gosto muito do projeto de vocs e, infelizmente, no tivemos como visit-lo nesta primeira etapa do trabalho, mas espero que a gente consiga nessa prxima fase, inclusive, entrevistando alunos que hoje j esto fora do pas, por exemplo.

PRXIMOS CONCERTOS

23/10/2017

Abertura da Semana Nacional de Cincia e Tecnologia

29/10/2017

Encerramento do 1 Festival do Livro do Ipojuca

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio



Apoio

Patrocnio

Patrocnio Master

  • Ipojuca

  • Coque

Realizao

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Gabryella Boudoux

Fones: 81 3428.7600/81 9 9403.7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 3428.7600 | 81 9 8831-9700

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.