POR

/

ENG

Revistas

Projeto Anjos ajuda bebs com microcefalia no Recife

A presidente da ABCC, Myrna Targino, integra o conselho da organizao, e a Orquestra Criana Cidad colabora como parceira da iniciativa, inaugurada h dois anos

- Paula Passos

Duda, 2 anos, faz parte das estatsticas de bebs com microcefalia que ganharam a imprensa em 2015. Com o passar do tempo e com a diminuio do nmero de casos, o espao concedido aos portadores da doena foi reduzido na mdia. A empresria Jacira Salsa identificou este silncio na programao diria e resolveu criar o Projeto Anjos.
Eu nunca mais tinha ouvido ningum falar sobre microcefalia. Ento, em maio deste ano (2017), com a ajuda de Ana Silvia Coutinho (representando a Faculdade de Olinda - Focca), Ricardo Borges (coordenador da Casa da Cidadania e Justia) e Myrna Targino (presidente da Associao Beneficente Criana Cidad), comecei uma mobilizao para arrecadar fraldas, cadeirinhas adaptadas e ajuda, de quem pudesse contribuir, para os bebs que tm microcefalia no Recife, conta.

Com menos de um ano, mais de 300 crianas j foram beneficiadas atravs do Projeto Anjos. A primeira que recebeu ajuda foi Duda. Os pais da beb a abandonaram e quem assumiu os cuidados da pequena foram Mirian Pereira (tia de Duda) e Cleane Silva (nora de Mirian). As duas so donas de casa e se revezam nos cuidados da menina, que requer dedicao exclusiva. Eu entrei na Justia para conseguir a guarda e, depois, adotar minha sobrinha. O juiz da audincia foi Dr. (Joo) Targino (coordenador e idealizador da Orquestra Criana Cidad), que me permitiu ficar com ela, relembra Mirian.

Myrna, presidente da ABCC e esposa de Dr. Targino, ouvia falar muito sobre o caso. Ele se sensibilizou com a histria, me contou e eu sempre comentava muito com todos que estavam por perto. Foi quando minha irm, Jacira, juntou esforos e criou o Anjos, explica como nasceu a ideia do projeto. Atualmente, a OCC contribui com um valor mensal para a famlia de Duda, que recebe um salrio mnimo do Governo, uma espcie de bolsa para famlias com portadores da microcefalia com renda menor que quatro salrios mnimos por ms.

Esse valor que a gente recebe nos ajuda no dia a dia, que muito caro. Ela toma trs remdios carssimos para diminuir as convulses (Topiramato, Frisium e Keppra). Vamos vrias vezes por semana a mdicos, fisioterapeutas, fonoaudilogos. J teve perodo que passvamos cinco dias da semana na rua com ela, de nibus, levando para fazer tratamento. E difcil, porque ela pesada (19 kg), ns moramos em Olinda e todo tratamento dela no Recife. Graas ao Anjos que conseguimos vaga para ela na Fisioterapia l na Universidade Federal de Pernambuco. Ela melhorou bastante, mesmo precisando de mais sesses. Antes, s ficava paradinha. Agora, ela j se mexe, sorri, afirma Cleane, que cuida de Duda junto com a sogra.

Quem tambm ajuda o Projeto Anjos a CiS Joias, atravs da criao da coleo La Vie, com peas minimalistas e sacras, como o camafeu em ouro branco, amarelo ou em prata, com um anjo em madreprola. O dinheiro arrecadado com a venda das peas ser destinado para a compra de equipamentos de fisioterapia para a Casa de Reabilitao, em Olinda, explica Jacira.

CASA DE REABILITAO Por meio de uma parceria com a prefeitura de Olinda, o Projeto Anjos ganhou uma casa de reabilitao, que vai atender adultos, crianas e portadores da microcefalia, na rua Professor Cndido Pessoa, 1216, Bairro Novo, em Olinda. Os estudantes de Direito da Faculdade de Olinda (Focca) do apoio jurdico s famlias das crianas com microcefalia e a Faculdade So Miguel colabora com estudantes de Fisioterapia e Psicologia. Atualmente, os portadores da doena tm atendimento em outro centro de reabilitao na Av. Pres. Kennedy, s/n, no bairro de Peixinhos.

Quem tambm tem colaborado para melhorar a realidade dessas crianas a Cmara de Dirigentes Logistas de Olinda (CDL), que conseguiu encomendar, com baixo custo, cadeirinhas adaptadas para os portadores da doena, fisioterapeuta Danielly Pereira Lima Gomes (UFPE). A entrega dos 150 exemplares foi realizada na Praa do Carmo, no dia 23 de dezembro, junto com cestas bsicas s famlias dos bebs. Para ficar por dentro da programao do Projeto Anjos, s procurar no Facebook e no Instagram por Projeto Anjos oficial.

MICROCEFALIA Em maio deste ano, o Ministrio da Sade anunciou o fim da emergncia nacional em sade pblica por zika e microcefalia no pas. Os casos passaram a ter notificao obrigatria no Brasil em novembro de 2015, quando o governo declarou estado de emergncia, devido ao aumento de casos da malformao, fenmeno relacionado, posteriormente, chegada do vrus da zika. Desde o incio da crise at o dia 20 de maio de 2017, o pas contabilizou 2.753 casos confirmados de bebs afetados, de um total de mais de 13.835 notificaes de suspeitas.


Antes de 2015, eram registrados, por ano, cerca de 157 casos da doena. Em 2015, o nmero cresceu para 1.198 casos. A regio Nordeste, poca, apresentava a maior quantidade de bebs doentes. Tambm foi, por meio do trabalho de pesquisadoras nordestinas, que se pde estabelecer uma relao entre o zika vrus e a doena que faz com que os bebs nasam com um crnio menor, impossibilitando o desenvolvimento completo do crebro. S em Pernambuco, nesses dois anos, 124 bebs morreram, aps o diagnstico da doena.

PRXIMOS CONCERTOS

26/09/2018

Clube do Choro da Orquestra Criana Cidad

03/10/2018

Orquestra Infantojuvenil Criana Cidad

17/10/2018

Orquestra Infantil Criana Cidad e Coral da OCC Igarassu

Clique aqui e baixe a Cartilha Lei Rouanet

outras matrias desta edio





Apoio

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Contato

Contato para Eventos

Rebeca Laranjeira (Bea)

Fones: 81 9 9959-9831/81 9 9403-7296

E-mail: eventosocc@gmail.com

Assessoria de Imprensa

Carlos Eduardo Amaral

Fones: 81 9 8831-9700 (WhatsApp)

E-mail: audicoes@gmail.com

Newsletter

Gesto

Onde h msica no pode haver maldade
Miguel de Cervantes

Zaite Tecnologia, Empresa desenvolvedora do site.